Curso “Arte como Vírus: Cenas Pós Coquetel” terá segunda turma em outubro

16/09/2020


Foto: Foto de Mário Batista
 
Tendo a aids como tema central de suas investigações, o ator e pesquisador Franco Fonseca realiza o curso “Arte como Vírus: Cenas Pós Coquetel” buscando interagir com a noção de Pós Coquetel como uma espécie de catalisador do fazer artístico ao propor experimentos de programas performativos aos participantes no espaço virtual/real e na visita aos arquivos mediados por ume arte pesquisadore sorpositive.
 
A primeira edição do curso aconteceu entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro, dentro da programação do projeto “Corpo Dócil/Dramaturgia Soro(po(ética)” que foi idealizado pelo ator e dramaturgo cearense Rhamon Matarazzo. Os encontros aconteceram dentro da plataforma Google Meet.
 
A partir da experiência em realizar uma primeira turma do curso, Franco Fonseca em parceria com a Ardume Produções Artísticas está trabalhando para lançar uma segunda turma agora no mês de outubro de forma mais aberta para que essa pesquisa possa atingir um público maior e com isso contribuir para uma reflexão sobre como ainda precisamos desconstruir o nosso pensamento calcados em conceitos pré-estabelecidos sobre a situação daqueles que convivem com vírus da aids.
 
Franco Fonseca é natural de Macau no RN e atua como pesquisador e ator, produtor cultural independente, graduado em Teatro e Mestre em Artes Cênicas com pesquisa intitulada "Agora Chupa Essa Manga - cena pós-coquetel: interfaces da AIDS e artes da cena". Investiga a noção de "pós-coquetel" no processo criativo de artistas soropositivos. Entre 2015 e 2017 trabalhou com dramaturgias da aid$ como uma resposta social à epidemia, desenvolve estudo com performance e teatro a partir da noção de sua autoria “Afeto Colateral”, pensada a partir da sua pesquisa e experiência em processos criativos com artistes soropositives.
 
Ardume Produções é uma empresa do ramo de produção cultural criada em Natal no início do ano de 2020 que tem como foco trabalhar com as artes cênicas, sobretudo o teatro, a dança e a performance produzidos na capital potiguar a partir da realização de eventos artísticos e pedagógicos, criação de espetáculos e organização e promoção de artistas e grupos. A Ardume iniciou seus trabalhos em fevereiro deste ano com a realização, em parceria da Azeviche Produções Afroartísticas, da primeira edição do evento “Arte Negra na Terra dos Potiguares” realizado no Espaço A3, no bairro da Ribeira. Em julho, realizou a mostra Cenas do Nordeste, que compartilhou o registro de espetáculos de 19 grupos da região Nordeste na plataforma do Zoom. Atualmente trabalha produzindo o Grupo Interferências de Teatro e o artista Franco Fonseca.
 
Informações do Curso “Arte Como Vírus: Cenas Pós Coquetel”
 
Período: de 26 a 30 de outubro (Carga Horária de 15 horas)
Hora: das 19 às 22 horas
Local: Plataforma Zoom da Ardume Produções Artísticas
Inscrições: Sympla
Vagas: 60 (sendo 10 gratuitas)
Valor: R$ 50,00 
 
Informações de Contato
Franco Fonseca: (84) 99849-6343 / francofonseca@ufrn.edu.br / Instagram: @afetocolateral
Felipe Fagundes: (Ardume Produções): (84) 99402-7993 / ardumeproducoes@gmail.com / Instagram: @ardumeproducoes