Álvaro diz “vacinação avança sem parar em Natal”, mas imunização segue suspensa

15/07/2021

Por: Jessyanne Bezerra
Foto: Reprodução

 

Cinco dias após Álvaro Dias declarar nas redes sociais que a vacinação avançava sem parar em Natal (confira aqui), a imunização foi suspensa e segue para seu segundo dia sem aplicações da primeira dose para os natalenses.

Desde quarta-feira (14), a vacinação contra a covid-19 em Natal segue apenas com a aplicação da segunda dose, sendo apenas as pessoas que estão aptas a tomar a segunda dose das vacinas Oxford e CoronaVac.

O motivo pelo qual a vacinação foi suspensa, segundo a Secretaria Municipal de Saúde da capital, é o fato de já terem sido utilizadas todas as 7.134 doses de vacinas destinadas ao público de 38 e 37 anos sem comorbidades e trabalhadores da indústria com 29 anos ou mais.

Ao total, desde início da imunização, Natal recebeu 607.474 doses e segue sendo o munícipio com a maior perda técnica de todo o estado do Rio Grande do Norte. Além disso, Natal segue atrás, no critério de doses aplicadas, de cidades como: Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Apodi, Mossoró e Parnamirim.

Além de toda essa situação, a prefeitura da capital potiguar finge a inexistência do projeto de lei “Xepa das Vacinas” que entra na sua terceira semana sem ser sancionado. Projeto foi aprovado no dia 22 de junho na Câmara Municipal e estende a qualquer pessoa maior de 18 anos a possibilidade de ser imunizado com doses restantes de um frasco que já foi aberto.

E ainda tem mais: no início de julho a prefeitura de Natal foi alvo da operação Rebotalho, responsável por investigar desvio de recursos públicos federais destinados ao tratamento de Covid-19. A maior cidade do RN segue em uma atuação digna de filme de "Os Trapalhões".

Não é a primeira vez que a vacinação em Natal é suspensa e de acordo com a falta gestão de Álvaro Dias, provavelmente será a última. O mandato de Álvaro Dias está sendo tão negligente com os natalenses que internautas chegaram a compará-lo com Micarla de Sousa.