Liliana Borges

18/03/2022

 

AROUCA GEOPARK, Passadiços do Paiva a Ponte 516 … 

Arouca Geopark está situado no Distrito de Aveiro, a cerca de 60 Km da cidade do Porto e aproximadamente 307 km de Lisboa, foi classificado como “Geoparque Mundial da UNESCO” em 2009 todo o município de Arouca onde o complexo compreende 328 Km².  

Lugar para comtemplar a natureza e ao mesmo tempo viajar na história por mais de 500 mil anos, aventurar-se nos Passadiços do Paiva, na Ponte Pedonal com 516 metros de extensão e por seus 41 Geossítios, como também, saborear a deliciosa culinária e, ainda, hospedar-se nas suas charmosas vilas e aldeias com as belas casas feitas em pedra de xisto e ardósia. 

Tive o privilégio de conhecer a localidade com bons amigos portugueses, com os quais fiquei alojada na Casa do Adro em Espiunca no Largo de São Martinho com uma vista para Serra de tirar o fôlego, além de ser uma graciosa casa tradicional feita em pedra. O final de semana estava chuvoso, mas em nenhum momento perdeu o encanto, cada estação com seu valor e aproveitamos para nos aconchegarmos em volta da lareira e beber um bom vinho.

Visitamos algumas aldeias uma delas foi a “Paradinha”, pequenina e mimosa entre caminhos ingrimes por muitas voltas na serra. Todas as casas são de pedra e decoradas lindamente em harmonia com a paisagem. É uma mistura do real e imaginário, pois imediatamente veio a lembrança dos contos de fadas narrados por minha mãe para embalar meus sonhos.

No sábado almoçamos no Restaurante “Casa no Campo”, situado em Espinheiro em uma das encostas da Serra da Freita com uma vista panorâmica magnífica, além de sabores indescritíveis. Sua classificação pela “Tripadvisor” é de 4,5 de 5 por 273 avaliações especializado na gastronomia mediterrâneo, europeia e portuguesa.

Começamos por deliciosas entradas, depois saboreamos como prato principal “Bacalhau na Broa” e “Vitela de Arouca: Assada no Forno a Lenha” acompanhado com arroz crocante, salada verde e com maravilhosos vinhos nacionais, finalizamos com apetitosas sobremesas ao mel, iguaria da região, como: “Queijo com Mel e Maça, “Sopa Seca ao Mel” e “Pudim de Mel”. Simplesmente divino!

 

A região é um espetáculo para o turismo de aventura com os Passadiços do Paiva por 8 Km de natureza adentro chegando a beirar o Rio que o denomina e, ainda, ter o prazer de escutar a sinfonia de suas águas. É necessário ter preparo físico para toda a caminhada para subir e descer suas suntuosas escadarias de madeira, mas se for apenas possível chegar em um de seus pontos já é esplendoroso. “Uma viagem pela biologia, pela geologia, pela história da vida do planeta, escrita na paisagem”, é realmente como descreve no seu site.

A Ponte Pedonal 516 é considerada a segunda maior do mundo em seguida da “Baglung Parbat” no Nepal com 576 m, mas muitos classificam como primeira por possuir algumas características exclusivas. Não importa sua posição no ranking e sim a beleza estonteante que proporciona por 175 metros suspensos que liga um lado ao outro do desfiladeiro com 516 metros de extensão.

A ponte foi aberta aos residentes em 29 de abril de 2021 e em 3 de maio para o publico em geral. É uma bela obra de engenharia, como também, muito segura, pois foi construída com técnicas inovadoras cuidadosamente observado cada pormenor, destacando o sistema de tabuleiros, resistência, técnicas específicas e, ainda, controle do limite de utilizadores, assim o acesso é limitado e os bilhetes são vendidos apenas pela internet que incluem os Passadiços do Paiva. 

Desta vez o tempo não estava adequado à travessia e para percorrer os Passadiços devido a chuva e o vento que nos desencorajaram para aventura. O Concelho tem vários outros encantos, entre eles o Mosteiro de Arouca, Museu de Arte Sacra, os Trilobites de Canelas e inúmeras opções gastronômicas, os quais serão temas de próximos artigos…

Beleza Estonteante, Sensacional…

Voltarei com certeza!

Confira o vídeo sobre a matéria no meu canal no YouTube: LILIANA BORGES EM PORTUGAL

https://www.youtube.com/watch?v=LoI4X6GYAxk