Liliana Borges

22/08/2020
 
SESIMBRA, Fortaleza de Santiago
 
 
Sesimbra é um Concelho situado no Distrito de Setúbal, cerca de 41 km de Lisboa, aproximadamente, 49.500 habitantes. Nos registros históricos constam que há vestígios da presença humana na região desde 3000 a.C., diversos povos povoaram a localidade ao longo de sua história. No reinado de D. Dinis, sexto rei de Portugal, foi criada a Póvoa de Ribeira de Sesimbra, pequena aldeia de pescadores e, posteriormente, à época dos descobrimentos foi transformada em Vila, passou a ser um importante porto de construção naval e de abastecimentos das embarcações.
 
Vários fortes foram construídos na costa de Sesimbra como estratégia de segurança e controle dos portos pela coroa portuguesa. O rei D. João IV, “o Restaurador”, monarca que liderou a restauração da independência de Portugal face ao domínio espanhol, construiu e reparou fortalezas, como também, desenvolveu a indústria de artilharia. No seu reinado, a Fortaleza de Santiago foi edificada entre 1642-1649 no centro da baia de Sesimbra, tornando-se o principal ponto de defesa marítima na época, onde foi instalado o governo militar da região.  
 
Sua função militar foi até o séc. XIX, seguidamente foi perdendo o valor estratégico-militar e, mais adiante, foi instalado nas suas dependências a Alfândega e o Corpo de Secção de Sesimbra da Guarda Fiscal. Atualmente é Monumento Nacional, seus visitantes poderão perceber como eram as funções de cada espaço, incluindo a casa do governador e o Museu Marítimo de Sesimbra; além disso, no local acontece, periodicamente, uma vasta programação cultural.
 
 Ao visitar a Fortaleza poderemos conhecer a Capela dos Mareantes, incluso no mesmo bilhete de acesso, onde há uma bela exposição de arte sacra. No período dos descobrimentos foram edificados locais de cultos relacionados com o movimento marítimo na região, construída no final do século XV e, no piso inferior, um hospital medieval onde se encontram grafitos nas suas paredes de embarcações, relacionados aos séculos XVI ao XVIII, marcas da vivência marítima em Sesimbra.
 
O Hospital do Espírito Santo dos Mareantes tinha a função de auxiliar, orientar e cuidar da saúde os navegantes que por lá passavam, como também, a capela prestavam serviços fúnebres e cultos. Quando lá visitei, o historiador, o qual trabalhava no recinto, contou que no terremoto de 1755 o hospital foi soterrado, somente encontrado na ocasião de um vazamento no edifício, em decorrência dos reparos necessários depararam com a magnífica relíquia, inclusive, foram encontradas ossadas no local. 
 
Adentrando na atualidade, poderemos vislumbrar a beleza da cidade contruída nas encostas e falésias que vem descendo até ao longo da beira mar, onde possui um maravilhoso calçadão, e assim, poderemos desfrutar de suas belas praias, seus cafés, bares, restaurantes, sorveterias, ou simplesmente, caminhar e apreciar o lugar.
 
No verão, suas praias são muito frequentadas, bem estruturadas e organizadas e, principalmente, possibilitam acesso aos portadores de necessidade especiais. Na ponta da fortaleza existe um diferencial, o restaurante “Tap House” que além de pratos deliciosos e bebidas elaboradas, presenteia-nos com uma vista de toda a baía que é indescritível! Vale visitar, sentar, ficar, comer bem e, deslumbrar-se com a paisagem.
 
Quando tenho oportunidade de ir à Sesimbra, não deixo de dar uma passadinha no “Tap House” para saborear uma iguaria na pedra que é preparado na mesa, acompanhada de um bom vinho ou uma refrescante sangria, bebida gelada a base de vinhos ou espumantes e frutas. No seu cardápio há três opções na pedra: carnes, aves e outra de frutos do mar, todas saborosas! E para finalizar, um delicioso café com natas e gelado (sorvete). Vale muito conhecer!
 
Cabe, ainda, destacar que no carnaval esta cidade se transforma em festa: desfiles de alegorias, trios elétricos, pessoas fantasiadas e muito mais. Este ano tive o prazer de participar, ressaltando que é um ambiente seguro para todas as idades, estrutura de limpeza muito eficiente, tudo bastante organizado e, principalmente, muitaaaa alegriaaa! 
Mais um lugar espetacular para conhecer em Portugal!
 
Simplesmente, belíssimoooooooo…..