Pacientes com câncer sofrem retorno da prefeitura de Parnamirim

12/05/2022


 

A vereadora Fativan Alves cobrou nesta quarta-feira (11), na Câmara Municipal de Parnamirim, a melhoria nas politicas de saúde para o tratamento de pessoas com câncer. A solicitação foi realizada durante a 40ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal do município.
 
“Este é um tema de suma importância para nosso município. A questão do câncer é triste e séria. E não for diagnosticada logo no início, o risco de morte é grande. O problema que o nosso município não parece se importar com seus pacientes, que ficam de um lado para o outro sem ajuda”, comentou a vereadora.
 
A parlamentar também criticou a Prefeitura Municipal de Parnamirim pela não renovação dos convênios com Liga Contra o Câncer e o Programa Reviver, ambos encerrados pela Prefeitura Municipal de Parnamirim. 
 
“É triste saber que se dá pouca importância aos convênios com a Liga e com o carro do programa Reviver. Eu me pergunto o que mais falta acabar em nossa cidade. Não se tem uma ambulância para transporte, nem um mamógrafo para atender a população”, denunciou.
 
Fativan Alves também cobrou o destino das emendas impositivas, pois há “três anos se tenta adquirir um mamógrafo”. A parlamentar também denunciou que muitos exames preventivos não foram entregues por “falta de impressão” e muitas mulheres sequer tem transporte para buscar atendimento.
 
“Como representante da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher tenho me comprometido em ajudar estas mulheres que tem encontrado dificuldades em todos os aspectos possíveis. Não temos uma impressora, nem aparelho de ultrassonografia, ou mamógrafo. Ambulância? Também não dispomos. E como as nossas mulheres vão buscar atendimento nos hospitais de Natal, se nem como se deslocar elas têm”, questionou a parlamentar.
 
A vereadora também questionou “o destino das emendas parlamentares” dos deputados Kelps Lima e Ubaldo Fernandes, pois ambos tentaram trazer recursos para ajudar na saúde, mas nenhum retorno foi dado pela Prefeitura. O que fez com que os valores retornassem e a situação se agravasse mais.