Fativan Alves critica demora na conclusão de obras em Parnamirim

10/05/2022


 

“Hoje não existe nenhuma preocupação do executivo municipal em finalizar qualquer obra para nossa população. A incompetência desta gestão já atingiu um nível que as obras são entregues de qualquer forma. Sem pensar nos problemas futuros”, criticou a vereadora Fativan Alves durante a 38ª Sessão Ordinária, desta segunda-feira (9), na Câmara Municipal de Parnamirim.
 
A parlamentar citou uma série de situações durante seu aparte, que foi cedido pelo vereador Afrânio Bezerra (Avante). O vereador criticou a falta de organização da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) em algumas obras realizadas em Parnamirim, além da falta de obras na escola Manoel Machado, no bairro de Emaús, no qual a comunidade com ajuda do empresariado vem fazendo a manutenção do local.
 
“O problema da CAERN não é apenas de responsabilidade da Companhia, pois onde está a fiscalização da Prefeitura e de sua secretaria de obras? Será que não se tem um fiscal para ver se a obra está de acordo com o projeto? Faz dias que escuto que a culpa é da Caern, mas onde está a responsabilidade de nosso município?”, questionou a parlamentar.
 
Fativan Alves também criticou a “falta de preocupação da prefeitura em resolver os problemas das obras de onde quer que seja. Isso faz com que as pessoas tenham que buscar outras alternativas para resolver os problemas estruturais das unidades de educação. O exemplo da Escola Municipal Manoel Machado é linda, pois o seu diretor foi a luta em busca de parcerias com o empresariado local para realizar os serviços de manutenção do local. Mostra vontade de resolver, o que falta no executivo municipal”.
 
Outra falha apontada pela vereadora foram os atrasos nas obras de trânsito da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (SESDEM), apontados pelo vereador Afrânio Bezerra, que também cobrou celeridade nas obras e compromisso da pasta, no entanto a morosidade se tornou marca da gestão.
 
“Vereador Afrânio hoje a gestão do prefeito tem outro enfoque. Falamos de um complexo viário, que foi indicado e aprovado pelo senhor, com recurso já separado. Mas o que vemos aqui é que SESDEM não dá conta de uma rotatória, quem dirá de uma obra tão complexa. Só quem perde com esta incompetência é o povo de Parnamirim”, encerrou a vereadora.