“O mal voltou à Ucrânia”, afirma Zelensky em referência à Rússia

09/05/2022


Foto: poder360.com.br

 

Em discurso oficial, neste domingo (8), o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, falou sobre a guerra contra os russos, que já se estende por mais de 2 meses. Em comemoração ao chamado “dia da vitória”, data que marca a rendição dos nazistas diante dos aliados na Segunda Guerra Mundial, o mandatário declarou que o “mal voltou ao território do seu país”.

 

Embora não tenha citado explicitamente, Zelensky, que tem reiterado seu parecer contra uma suposta política imperialista de Vladimir Putin, estabeleceu uma comparação entre a expansão dos soldados nazistas e a invasão promovida pelas tropas russas em seu país. “O mal voltou. De novo! De uma forma diferente, sob diferentes slogans, mas com o mesmo propósito”, disse. 

 

Na sua explanação, Zelensky ainda confirmou que o bombardeio russo a uma escola na vila de Bilohorivka, na região de Lugansk, ocorrido no sábado (7), matou 60 pessoas. Em conformidade à informação registrada pelo presidente, mais cedo, o governador de Lugansk, Serhiy Gaidai, havia relatado pelo menos dois óbitos e disse temer que as outras pessoas sob os escombros estivessem mortas. Ainda segundo suas palavras, duas das vítimas fatais eram menores de 11 e 14 anos. 

 

Na Rússia, o Dia da Vitória é comemorado em 9 de maio, e é considerado um dos eventos nacionais mais importantes do país – uma lembrança dos enormes sacrifícios feitos pela União Soviética ao derrotar a Alemanha.