Juíz concede liminar para desfiliação do vereador Felipe Alves do PDT

15/03/2022


Foto: Reprodução

 

Por força de liminar da justiça eleitoral vereador Felipe Alves (PDT) obteve autorização para desfiliação do partido no qual foi eleito e ingressar no União Brasil. O parlamentar pretende se candidatar a deputado estadual nas eleições de outubro. A justificativa do vereador foi acatada pelo juiz federal José Dantas Teixeira de Souza, que compõe o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). "Embora mantenha postura de máximo respeito e admiração com o diretório e os valores do partido, [Felipe Alves] sentiu a necessidade de mudanças para novos ares em virtude de incompatibilidade parlamentar”, explicou o magistrado. Ele segue falando que, "diante de um cenário de total ausência de articulação com seu mandato, viu sua representação política plena inteiramente prejudicada, dado que não tinha controle dos rumos partidários decididos”.

No pedido para desfiliação do PDT, Felipe Alves afirmou que, “se viu completamente excluído da participação na divisão de recursos provenientes do partido” e apresentou documento com a anuência da presidente municipal do PDT, vereadora Nina Souza, para que se desligasse da legenda, conforme ata de reunião ocorrida no dia 3 de março.

Este é o segundo vereador do PDT que deixa a legenda para disputar as eleições pelo União Brasil. O presidente da Câmara Municipal de Natal (CMN), vereador Paulo Freire, também conseguiu liminar para se candidatar a deputado federal. Outros dois vereadores estão trocando de partidos, a vereadora Ana Paula Araújo deixou o PL e foi para o Solidariedade, por onde vai disputar uma cadeira à Câmara Federal. O vereador Tércio Tinôco se desligou do PP, está sem partido e deve disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa.