Ucrânia: jogador potiguar recém-chegado se prepara para deixar o país

24/02/2022


Foto: Divulgação

 

O potiguar Edson Fernando, jogador de futebol de 23 anos de idade, foi recentemente contratado pelo Rukh Lviv, clube ucraniano. O início da invasão russa mudou totalmente os planos do atleta, que agora se prepara para deixar o país e seguir para a Polônia.

Enquanto arrumava as malas, Edson conversou com o Portal G1 RN e relatou incerteza sobre ficar na Polônia ou voltar para o Brasil.

“Aqui na cidade onde estou, Lviv, está tranquilo. Ela fica no Oeste do país, perto da fronteira com a Polônia e fica distante de Kiev (capital), onde a situação está mais complicada. São uns 500 quilômetros. Fui ao centro da cidade hoje de manhã e as pessoas estavam andando normalmente na rua, mas o comércio estava fechando”, contextualizou o atleta.

Apesar do aparente clima de tranquilidade, Edson afirma que a tensão atinge todas as pessoas.

“Hoje, quando estava acordando, ouvi uma sirene, como se fosse um aviso de que o país está sendo atacado. Isso vai dando um choque de realidade”, relata.

Ao chegar na Ucrânia, Edson se deparou com rumores de guerra, mas seus colegas o tranquilizaram, afirmando que Lviv fica mais distante dos centros de maior tensão. Segundo o jogador, a cidade tem sido passagem de muitas pessoas advindas de outras regiões do país que desejam cruzar a fronteira com a Polônia.

O atleta foi transferido para o Rukh Lviv no fim de janeiro. Ele estava participando de treinos e jogos amistosos de pré-temporada e esperava estrear em um jogo oficial da equipe no próximo fim de semana, quando estava previsto o início do Campeonato Ucraniano. Agora, a competição está suspensa.

“Estou hospedado no próprio clube. Ia me mudar para um apartamento que estava sendo preparado pelo clube hoje ou amanhã, mas agora foi tudo suspenso. Hoje de manhã fui até o escritório do clube para saber o que faríamos e estamos aguardando um carro para ir para a Polônia”, relatou ao G1.

O jogador afirmou ainda que espera que o conflito possa acabar o quanto antes e que não haja mais mortes. Ele também fez questão de tranquilizar amigos e familiares que entraram em contato com ele ao longo do dia: “Recebi muitas mensagens. Quero dizer a todos que estou bem”, ressaltou o atleta.

Natalense, Edson foi revelado pelo Alecrim e acumula passagens pelo Votuporanguense/SP e Globo FC. Da Águia de Ceará-Mirim, o jogador foi contratado pelo Bahia, onde estava até fechar contrato com o time ucraniano.