Fativan Alves cobra soluções para problemas das chuvas em Parnamirim

17/02/2022


 

A vereadora Fativan Alves (PV) criticou nesta terça-feira (15), durante sessão da Câmara Municipal de Parnamirim, a falta de iniciativas do executivo municipal para ajudar os parnamirinenses que sofreram com as chuvas do fim de semana. Os bairros atingidos são Santa Tereza, Monte Castelo e Passagem de Areia, onde os moradores vêm convivendo com as águas invadindo suas casas.
 
“É algo triste, sério e revoltante o que acontece neste município. Estou aqui a há cinco anos aqui e estamos trazendo várias demandas para alertar o executivo sobre estes problemas com chuvas e nenhuma atitude é tomada enquanto o problema se agrava cada vez mais”, comentou a vereadora.
 
Fativan Alves também subiu o tom contra o prefeito Rosano Taveira pela colocação feita pelo chefe do executivo em uma que foi vinculada nas redes sociais na qual ele afirma “que a posição torce por aquele problema crônico que existe nas proximidades do Cemitério São Sebastião para fazer a famosa fala de quanto pior, melhor”.
 
“Ele tem muita coragem de proferir estas palavras em uma rede social para dizer que é mentira nossa. Nós vemos o que a população sofre. Cadê que ele vai naquelas casas pra oferecer alguma ajuda ao povo? Quantas pessoas já perderam imóveis, eletrodomésticos e até a paz nestes dias de chuva, enquanto ele está no conforto do lar dele, bem longe dos problemas. Nos respeite, pois nós trabalhamos pelo povo de Parnamirim, ele não”, criticou Fativan Alves.
 
A oposicionista cobrou também o retorno dos empréstimos aprovados pela Câmara Municipal de Parnamirim, que seriam destinadas as obras e até agora a situação está inalterada no município. 
 
“Quatro anos se passaram e os problemas se acumulam em nossa cidade. Quando foi pra vir a esta casa para pedir dinheiro, ele conhece o caminho. Primeiro foi um valor de R$ 50 milhões e não se viu retorno do empréstimo em obras. Agora foram mais R$ 100 milhões. Agora será que teremos algum retorno prático”, questionou a pevista.