RN cria cerca de 32 mil novas vagas de emprego em 2021, aponta Caged

01/02/2022


Foto: Reprodução

 

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, o Rio Grande do Norte encerrou 2021 com um saldo positivo na criação de empregos formais, mesmo tendo registrado o fechamento de 967 postos de trabalho em dezembro.

Até o fim de dezembro, 32.204 novas vagas de trabalhos foram contabilizadas. Ou seja, essa foi a diferença entre o número de contratações (190.640) e de demissões (158.436) no período.

O resultado pode ser considerado muito melhor do que em 2020, quando o estado encerrou o ano com perda de quase 3,2 mil vagas – válido considerar que as medidas de fechamento temporário do comércio (por causa da pandemia) influenciaram diretamente no resultado.

Segundo analistas, a comparação dos números com anos anteriores a 2020 não é mais adequada pois o governo alterou o modo usado anteriormente.

Mesmo com o saldo positivo, o mês de dezembro registrou mais demissões do que admissões. Foram 13.661 demissões contra 12.694 admissões, um saldo negativo de 967 vagas formais de trabalho. Normalmente, o mês de dezembro registra saldo negativo por causa do fim de contratos temporários.

Saldo de empregos ao longo de 2021 por setor

- Serviços: 14.807

- Comércio: 7.965

- Indústria: 5.669

- Construção: 3.158

- Agropecuária: 605