"Justiça por Manoel": turista que matou homem atropelado em Touros é solto e familiares protestam

30/12/2021


Foto: Reprodução

 

Na tarde desta quarta-feira (29), familiares e amigos de Manoel Modesto da Silva, pescador de 53 anos, que morreu após ser atropelado por turista carioca de 36 anos, em Touros, no litoral do RN, protestaram cobrando justiça após condutor do carro ser liberado da prisão.

Segundo a Polícia Militar, o motorista tinha acabado de sair de uma festa em São Miguel do Gostoso. Após o atropelamento, o homem fugiu do local sem prestar socorro. De acordo com relato de pessoas próximas, o pescador estava voltando da feira. 

O carioca de 36 anos pagou fiança com valor equivalente a 10 salários mínimos e teve sua carteira de habilitação suspensa. Revoltados com a soltura do turista, os familiares e amigos fecharam um trecho da RN-023 e atearam fogo em objetos em trecho em que a vítima foi atingida. 

"Nós pedimos justiça pela morte de Manoel e mais segurança, porque nós estamos com medo de estar na rua. Precisamos que as autoridades façam algo para nos proteger nesse sentido", protestou o primo de Manoel, Eduardo Carlos da Silva.

Touros é vizinha da cidade de São Miguel do Gostoso, tradicional destino turístico do Rio Grande do Norte durante as festas de Réveillon, com mais de oito dias de festa. Segundo a família da vítima, o turista carioca estaria participando do evento.