Já é hora de abolir o uso obrigatório da máscara?

27/10/2021

Por: Otávio Albuquerque
Foto: jovempan.com.br

 

Nesta terça-feira, Eduardo Paes (PSD-RJ), prefeito do Rio de Janeiro, anunciou o fim da obrigatoriedade do uso da máscara contra a covid-19 na cidade. O decreto será publicado hoje e prevê a liberação do equipamento de segurança em lugares ao ar livre, além de locais como pistas de dança, em que a capacidade de público seja até de 50%.


O anúncio da suspensão da máscara protetiva foi feito em entrevista coletiva. Daniel Soranz, secretário municipal de saúde, esteve na transmissão ao vivo com Eduardo Paes e fez questão de ratificar a necessidade da proteção para pessoas que apresentam sintomas de gripe. Nos locais fechados, no entanto, ainda é obrigatório o uso da máscara.


O chefe do executivo municipal ressaltou que a decisão tem embasamento técnico e foi tomada conjuntamente com o Comitê Científico, o qual oferece respaldo à Secretaria Municipal de Saúde nas medidas de combate à pandemia do novo coronavírus. Nesse sentido, Paes enalteceu a confiança nos profissionais médicos e ressaltou que, dependendo das circunstâncias, poderá retroceder na decisão. “Se a gente sentir uma piorazinha que seja, a gente volta as regras". disse Paes


Conforme os dados da prefeitura, a cidade atingiu 65,3% da população da cidade totalmente vacinada, com a segunda dose ou dose única. Em relação à primeira dose, são 87,5%. Ademais, a Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) também aprovou um projeto de lei que viabiliza o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos no estado. Portanto, o PL segue para a avaliação do governador Cláudio Castro (PL), que deverá sancionar.