MPF propõe multar Sikêra Jr. e Rede TV em R$ 10 milhões por homofobia

30/06/2021


 
O MPF (Ministério Público Federal) ajuizou uma ação civil pública contra o apresentador Sikêra Jr. e a emissora RedeTV! por suposto crime de homofobia. A peça pede R$ 10 milhões em indenização por danos morais coletivos –valor que deverá ser destinado à estruturação de centros de cidadania LGBTI.
 
Os comentários que embasam o pedido foram feitos por Sikêra em 25 de junho, em seu programa Alerta Nacional, da TV A Crítica, e veiculado nacionalmente pela RedeTV!. À época, o apresentador afirmou que a comunidade de lésbicas, gays, transsexuais, bissexuais e intersexuais precisa de “tratamento“.
 
Ele ainda associou a homossexualidade à pedofilia, e ameaçou: “Uma hora esse povo brasileiro vai ter que fazer uma coisa maior, um barulho maior. A gente tá calado, engolindo essa raça desgraçada que quer que aceite que as crianças… Deixem as crianças!”.
 
Sikêra comentava uma peça publicitária feita pela rede de fast food Burger King em comemoração ao Dia Internacional do Orgulho LGBTI, celebrado na 2ª feira (28.jun).
 

Fonte: Poder 360