Bolsonaro monta ação de guerra para parecer que é bem-vindo no estado do RN

24/06/2021

Por: Luan Figueredo
Foto: Reprodução

 

Bolsonaro mandou derrubar, através do DNIT, um outdoor em Pau dos Ferros culpando-o pelas 500 mil mortes, enquanto o dos apoiadores permanece intacto e sob vigilância. Equipes de segurança presidencial ordenaram donos de borracharia a fecharem para evitar queima de pneus.

 

Segundo informações de moradores do município no Alto Oeste, mais de 100 faixas de protesto contra o governo já foram retiradas. Mesmo pessoas colocando novas faixas a todo instante, a equipe do presidente continua a removê-las. Passando pelas borracharias de toda a região, seguranças em carros blindados ordenaram os proprietários a fecharem seus estabelecimentos, com receio de manifestantes queimarem pneus.

 

Jair Bolsonaro desembarcou no Aeroporto de Mossoró por volta das 9h para assinar a ordem de serviço do Ramal Apodi e visitar a obra da barragem de Oiticica. O presidente provocou aglomeração e não usava máscara. 

 

Pela segunda vez no município, Bolsonaro foi recebido aos gritos dos apoiadores, alguns sem máscaras. Os ministros Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, e Fábio Faria, das Comunicações, que acompanhavam a comitiva, também não usavam a proteção.