Covid-19: Governo do RN atinge marca de 500 altas em leitos no Giselda Trigueiro

19/10/2020


 
Desde o início da pandemia, o Hospital Giselda Trigueiro é uma das unidades estaduais de referência no tratamento de pacientes acometidos pelo novo coronavírus. Nesta sexta-feira (16), o hospital celebrou a marca de 500 altas de pacientes com Covid-19. A unidade conta com 26 leitos críticos e 11 clínicos e hoje registra 69,2% de ocupação. A marca é resultado de um trabalho árduo da atuação do Governo do RN no combate à pandemia, dos profissionais de saúde e da cooperação da Secretaria Estadual de Saúde, que não mediram esforços em salvar vidas.
 
“O Governo do Estado adotou uma estratégia diferente à da abertura de um único hospital de campanha, buscando ampliar a oferta por leitos de uma maneira descentralizada e regionalizada. Assim, abriu 577 leitos críticos e clínicos em todo o Rio Grande do Norte. Hoje, comemoramos esse resultado no Giselda”, disse a governadora Fátima Bezerra.
 
Os leitos foram abertos em unidades próprias da rede estadual e outros em parceria com municípios do Estado (alguns em hospitais de campanha abertos por esses municípios). A escolha da abertura de leitos nas unidades de saúde do Estado se dá para que após a pandemia eles possam ser utilizados para atendimento da população com outras necessidades.
 
A reversão desses leitos, inclusive, já é uma realidade que se soma à notícia positiva das 500 altas do Giselda Trigueiro. Diante do cenário de redução do número de casos confirmados, na IV Região de Saúde, por exemplo, o Hospital Regional Telecila Freitas Fontes (Hospital Regional do Seridó), em Caicó, é uma das unidades estaduais que já iniciou o processo de reversão de leitos de UTI Covid, que passaram a funcionar como leitos de UTI geral, reforçando a capacidade de atendimento da unidade, referência em traumato-ortopedia e urgências e emergências na região. São dez leitos nesta situação de reversão na unidade.
 
A notícia animadora só estimula o Governo do RN a manter atenção com as ações de combate à pandemia. Nesta quinta-feira (15), a Secretaria de Estado da Saúde Pública divulgou nota técnica ampliando a testagem sorológica da Covid-19 para toda a população do Rio Grande do Norte. A partir de agora, as pessoas sintomáticas (após 14 dias do início dos sintomas) e também as que não apresentaram sintomas, podem procurar as unidades municipais de saúde para realizar a coleta.
 
Na sexta-feira, 16, o Governo anunciou que a população potiguar receberá, até janeiro de 2021, mais dois milhões de máscaras distribuídas gratuitamente. A ação é a 3ª etapa do RN+Protegido, o maior programa de distribuição de máscaras do país em termos proporcionais, que já entregou desde então mais de 5,5 milhões de máscaras no estado.