UFRN antecipa formatura de estudantes para combate à Covid-19

07/04/2020


Foto: Anastácia Vaz
 
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) regulamentou os procedimentos de colação de grau antecipada, em caráter excepcional, para alunos do último período dos cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia. A normativa foi publicada na última segunda-feira, 6 de abril, e visa a auxiliar o estado nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 
 
Os requisitos necessários para solicitar a colação de grau antecipada, mantidas as demais exigências de integralização curricular, são ter cumprido 75% da carga horária do internato do curso de Medicina ou 75% da carga horária do estágio curricular obrigatório dos cursos de Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia. 
 
O processo de colação de grau individual antecipada será instaurado mediante requerimento do estudante que tiver interesse, por meio da coordenação do curso. Em seguida, cabe à Diretoria de Administração e Controle Acadêmico (DACA), da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), conferir o status de "Formado". O concluinte que tiver seu pedido deferido poderá emitir eletronicamente, pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), o Certificado Provisório de Conclusão de Curso. 
 
A Portaria n°. 523 da UFRN, de 6 de abril de 2020, levou em consideração a Medida Provisória n°. 934, de 1° de abril, que estabeleceu normas sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior, e a Portaria n°. 374 do Ministério da Educação (MEC), de 3 de abril de 2020, sobre a antecipação da colação de grau para os alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia, exclusivamente para atuação nas ações do combate à pandemia da Covid-19, além de ofícios de diversos centros acadêmicos da UFRN. 
 

Fonte: Williane Silva - Ascom-Reitoria UFRN