Bombeiros atendem 158 ocorrências de árvores em iminente perigo no 1º trimestre

08/04/2019

Por: Redação PN
Foto: Reprodução
A temporada de chuvas vem trazendo grandes transtornos na Grande Natal, principalmente, com quedas de árvores que estão entre as maiores solicitações recebidas no Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (CIOSP), nos primeiros meses de 2019 pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN).
 
De janeiro a março os bombeiros que atuam na Sessão Independente de Defesa Ambiental (SIDAM), atenderam 158 ocorrências de árvores oferecendo perigo iminente. “Com as chuvas é natural que árvores velhas, mortas ou podres ofereçam perigo nas mais diversas áreas, seja pelo risco de cair em bens ou mesmo em pessoas”, disse o capitão Rafael Barreto, comandante do SIDAM.
 
Ainda segundo ele, no entanto é preciso que a população compreenda que o CBMRN só atende ocorrências em que realmente a árvore ofereça um perigo iminente. Caso contrário a prefeitura municipal deve ser acionada. “Quando existe o chamado despachamos uma equipe para avaliar e posteriormente fazer o corte, se for necessário. Se a árvore já estiver caída, obstruindo vias e causando riscos a integridade física de pessoas, os bombeiros eliminam o risco, ficando, nos dois casos, a responsabilidade da limpeza do local pelo órgão municipal competente.