Marcus Aguiar: "Estamos na expectativa de uma retomada da construção civil"

04/10/2016

Por: José Pinto Junior
Foto: Tiago Rebolo
O sr. sente que está acontecendo uma retomada na construção civil?
A nossa expectativa é de que exista efetivamente uma retomada. O Governo Federal, por exemplo, já fez anúncios de que o programa Minha Casa Minha Vida será retomado a partir do próximo ano com novos projetos e valores. Além disso, empreendimentos que se encontram paralisados hoje no Brasil estão sendo retomados gradativamente. Isso já é um alento para um setor que sofreu tanto com a crise, como esse da construção civil.
 
Havia um crescimento e, de repente, houve uma queda vertiginosa.
Na realidade, a construção civil é causa e efeito. Causa, porque quando nós geramos desemprego, isso reflete em outros setores - desde as atividades indiretas da construção civil até o próprio comércio popular. E efeito, porque quando uma economia não gira dificilmente as pessoas investem num bem de raiz que lhe leve a um comprometimento salarial por um longo prazo, como é o caso de comprar um imóvel.
 
A construção civil habitacional tem essa característica: muitas vezes é o único investimento da vida de uma família.
Exato! Economistas erroneamente tratam a aquisição da casa própria com um endividamento. Na realidade, é um investimento, a tranquilidade de uma família de ter uma moradia. 
É importante demais que a economia se recupere e a construção civil seja um dos setores que vá alavancar essa recuperação. Daí começamos a acreditar que as metas que o Governo Federal está traçando sejam fundamentais para essa retomada. Investir em habitação, reinvestir no programa Minha Casa Minha Vida ou em outro programa de habitação popular é fundamental para que essa retomada seja imediata.
 
O sr.tem investimentos em parceria com a CNH.  Queria que o sr. falasse um pouco sobre esses investimentos.
A CNH é uma cooperativa que já está completando 15 anos. E nós já temos obras vitoriosas, como o Residencial Pan-Americano e os empreendimentos Maria Elenir e Pérola do Atlântico, em Areia Preta. E agora nós estamos lançando um novo empreendimento chamado Rota do Sol, vizinho à sede da Caixa Econômica, em frente ao Alphaville. A CNH, por ser uma cooperativa habitacional, se caracteriza por um alto financiamento. É importante neste momento no qual muitas famílias pretendem adquirir o imóvel, mas tem alguns problemas de restrição de crédito, e não querem se comprometer com o financiamento habitacional.
 
Qual a missão da COOPERCON?
Nós temos a missão fundamental de fazer com que as empresas cooperadas, ou seja, as construtoras do Rio Grande do Norte, adquiram bens e produtos a preços mais baixos. Como nós fazemos isso? Juntamos as empresas e fazemos compras em atacado. Não fazemos compras para uma única construtora. Nós juntamos as demandas de todas elas e levamos para grandes fabricantes do Brasil e assim conseguimos melhores preços.