Evandro Borges

15/10/2021
Agente de desenvolvimento do Banco do Nordeste e avicultura
 
O Agente de desenvolvimento do Banco do Nordeste da Região do Trairi, José Carlos, conhecido por Zé Carlos tem participado de inúmeros eventos. O encontro com ele se deu primeiramente, em São José do Campestre em uma articulação do Município e da Superintendência do MAPA/RN, quando foi tratado do Consórcio para inspeção dos alimentos provenientes do trato animal e a necessidade de se obter o credenciamento perante SISBI.
 
Em seguida, novamente em Jaçanã/RN, no prolongamento da Serra do Curimataú, estava atuando e de forma entusiástica na defesa da avicultura como fruto do Plano produzido no programa denominado PRODETER, lançado em 2016  que consisti em uma estratégia trabalhada pelo Banco do Nordeste para contribuir com o desenvolvimento territorial e local.
 
Disse que o diferencial do Programa é a criação de Comitê Gestores Territoriais (CGT), pois é o Comitê que elabora um Plano Territorial, que  é uma novidade relativa, pois todo programa quer formar um núcleo mínimo de planejamento e envolvimento para o desenvolvimento sustentável, a fim de se buscar parcerias e distribuição de responsabilidades, principalmente no âmbito do financiamento do PRONAF, com os de créditos existentes facilitados. 
 
O Banco do Nordeste verificando o potencial da Região pela avicultura despertada em anos anteriores por uma empresa paraibana ancora Guaraves que atuou na Região com o envolvimento dos produtores, com os atores sociais definiu a prioridade para o Trairi o desenvolvimento da cadeia produtiva da avicultura, com as muitas possibilidades, desde a galinha e ovo considerado caipira e outras formas de produzir frangos.
 
A Coopercacho uma cooperativa que a cada ano se consolida enfrentando os desafios com onze anos de fundação, com uma unidade de beneficiamento de polpas de frutas frescas já instaladas com a marca “Trairi” pretende também, para facilitar o fortalecimento da cadeia produtiva instalar uma “casa do ovo” que venha certificar a natureza e origem do ovo para dar certeza ao consumidor que estará adquirindo, verdadeiramente um ovo caipira, com condicionantes nutricionais de melhor qualidade.
 
Em Jaçanã com o desprendimento de Zé Carlos visitamos a Câmara Municipal, quando nos juntamos a Roberto Papa do MAPA outro peregrino incansável, a Alexandre Expedito, Samara Francione, Naldo, ao Prefeito de Campestre, Nénem Borges, Eduardo Fernandes e Fernando Cruz, Vereadores de Campestre,  Maciel Silva assessor do Prefeito Nénem, aos Secretários Municipais de Agricultura de São Bento do Trairi e de Jaçanã, José Nunes de Farias e Josemir Lima respectivamente e a equipe de apoio da Coopercaho fizemos um verdadeiro périplo no Município de Jaçanã.
 
E entre uma visita e outra, a Coopercacho, a unidade de polpa, e aos produtores, com Zé Carlos mantínhamos um diálogo sobre avicultura, dizendo ele que a escolha da avicultura é uma atividade excelente para a agricultura familiar. Que não precisa de tanto volumoso e no território do Trairi no âmbito do Programa do PRODETER conta com a assistência técnica do SEBRAE. A intenção é expandir para mais Municípios, de forma responsável e dentro do estudo da cadeia produtiva, que vai desde os insumos até a comercialização.