Claudino Leite

24/08/2021
PARE E REFLITA...
“Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente, pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade e sem hipocrísia” (Tiago 3:17).
 
COM DEUS NÃO SE BRINCA
Na Bíblia Sagrada está escrito: “Não erreis:Deus não se deixa escarnecer; o porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6:7). Eis algumas pessoas famosas desprovidas de fé foram infelizes ao se referirem respeitante ao Criador, tais como: John Lenon, ao dar uma entrevista em uma revista americana, em 1966, disse: O cristianismo vai se acabar, vai se encolher, desaparecer”. Eu não preciso discutir sobre isso, Eu sei, Jesus era legal, mas suas disciplinas são muito simples. Hoje, somos mais populares que Jesus”. Lennon, depois de ter dito que os Beatles estavam mais famosos que Jesus Cristo, recebeu cinco tiros de seu próprio fã e faleceu. Tancredo Neves, na ocasião da campanha presidencial, afirmou que se tivesse 500 votos do seu partido (PDS), nem Deus o tiraria da Presidência da República. Os votos ele conseguiu, mas o trono lhe foi tirado um dia antes de tomar posse. Leonel Brizola, em 1990, quando em campanha presidencial, frisou “que aceitava até o apoio do demônio para se tornar presidente”. A campanha quando acabou, apontou Fernando Collor como presidente e não mostrou Brizola nem em segundo lugar. Marilyn Monroe recebeu uma visita saudoso missionário americano Billy Graham, durante a apresentação de um show. Ele, um pregador do Evangelho, na época havia sido mandado por Deus àquele lugar para pregar à Marilyn. Porém ela, depois de ouvir a mensagem do Evangelho, respondeu: “Não preciso do seu Jesus”. Uma semana depois foi encontrada morta em seu apartamento. O ex-vocalista Bom Scote, do conjunto AC/DC: No ano de 1979, cantava uma música com a seguinte frase: “Don’t  stop me. I’m going down all the way, on highway to hell, que traduzida em português significa: “Não impeça. Vou seguir o caminho até o fim, na autoestrada para o inferno”. No dia 19 de fevereiro de 1980, Bon Scote foi encontrado morto, asfixiado pelo próprio vômito. Cazuza, em um show no Canecão, no Rio de Janeiro, de um trago em um cigarro de maconha, soltou a fumaça para cima e disse: “Deus, essa é para você!” Nem precisa falar em qual situação morreu esse homem. No ano de 2005, na cidade de Capinas (SP), uma turma de amigos já embriagados, de classe média, foram buscar a última colega para ir para a balada, parou em frente a casa da jovem, chamou-a e junto com a moça veio a mãe. A genitora, com medo, vendo todos embriagados e sua filha entrando naquele carro lotado, pegou na mão da filha que já estava dentro do carro e disse: “Filha, vá com Deus, que Ele te proteja”, a filha para tirar uma onda,  disse: “Só se for no porta-malas, pois aqui já está lotado”.  Algumas horas depois, chegou a notícia para os familiares que os jovens sofreram uma acidente, morreram todos, o carro ficou irreconhecível, mas o bagageiro ficou intacto. Quando o policial abriu a mala do veículo, lá estava uma bandeja com 18 ovos sem nenhum arranhão, e todos nos lugares corretos. O Transatlântico Titanic, na ocasião em que foi construído, foi apontado como o maior como o maior navio de passageiros da época. No dia de entrar em alto-mar, uma repórter fez a seguinte pergunta ao construtor: “O que o senhor tem a dizer à imprensa concernente a segurança do seu navio? O homem, com o tom irônico, disse: “Nem Deus poderá afundar meu navio. O resultado foi o maior naufrágio de uma embarcação de passageiros do mundo. Além desses, outras pessoas importantes também se esqueceram que a nenhum outro nome foi dada a autoridade como a que há no nome de Jesus. A Ele toda honra. Não esqueça disso: Muitos morreram, mas um apenas ressuscitou está vivo até hoje: JESUS CRISTO.
 
O CEGO DE JERICÓ
 
Na passagem bíblica da cura de um cego de nascença, realizada por Jesus, opera-se mais um milagre para a glória de Deus. Aquele homem que não enxergava desde o ventre da mãe, naquele dia teve o privilégio de se encontrar com Jesus. A palavra de Deus diz que, passando pela cidade de Jericó a caminho de Jerusalém Jesus, viu o cego de nascença. Aquele que certamente, sob o olhar da sociedade da época, nada mais era do que um pobre cego e mendigo, em meio à multidão, naquele dia foi por Jesus de uma maneira diferente. Conforme a visão da época, os discípulos perguntaram a Jesus quem havia pecado, se os seus pais, ou ele, o homem que era cego desde o nascimento. Algo bem semelhante aos dias atuais, os discípulos queriam saber qual a causa da deficiência ou da limitação física daquele homem, ou, em outras palavras, de quem era a culpa daquela situação que o cego vivenciava durante tantos anos.
 
ABRA OS SEUS OLHOS
Prontamente, Jesus respondeu que nem o cego nem seus pais haviam pecado, mas, que fora daquela maneira para que manifestassem à Glória de Deus. Da mesma forma que os discípulos quiseram saber sobre a causa de o homem padecer sem visão, as pessoas que o conheciam há tantos anos sem enxergar, desejavam saber como agora seus olhos se abriram e ele passou a ver.Então, o ex-cego de nascença testemunhou que Jesus usou saliva e terra, fez lodo ou lama, passou nos seus olhos e o fez ver. Ele testemunhou que, da mesma essência do barro, que Deus fez o homem, Jesus o fez ter visão. Ou seja, graça ao Senhor Jesus, aquele sofrido homem pode contemplar as maravilhas existentes ao seu redor. Como aconteceu com aquele homem, Jesus quer que você tenha uma nova visão em relação ao mundo. Abra os seus olhos e veja que Jesus Cristo deu a vida na cruz do Calvário para resgatar a humanidade. Ele morreu na cruz para que os seus pecados fossem perdoados. Venceu a morte e ressuscitou ao terceiro dia. Por fim, arrependa-se dos seus pecados e aceite Jesus como Salvador. Um novo horizonte vai se abrir para você e uma luz resplandecente vai brilhar no seu caminho. Isso é uma questão de fé.
 
LEMBRE-SE?
"Que seja doce o dia quando eu abrir as janelas e me lembrar de você. Que sejam doces os finais de tardes, inclusive os de segunda-feira - quando começa a contagem regressiva para o final de semana chegar. Que sejam satisfatórias a espera pelas mensagens, ligações e e-mails das pessoas que amamos e nos consideram. Que seja (mais do que) melíflua a voz ao falar no telefone. Que seja doce o seu cheiro. Que seja doce o seu jeito, seus olhares, seu receio. Que seja doce o seu modo de andar, de sentir, de demonstrar afeto, carinho e ternura para o seu  próximo. Que sejam alegres suas expressões faciais, até o levantar de sobrancelha. Que seja doce a leveza que eu sentirei ao seu lado. Que seja doce a ausência do meu medo. Que seja doce o seu abraço. Que seja doce o modo como você irá apertar a minha mão."
 
LEITURA BÍBLICA
De acordo com uma pesquisa “State of the Bible”, realizada pela da American Bible Society, as pessoas que leem a Bíblia Sagrada com mais frequência são mais esperançosas e per doadoras, mesmo quando enfrentam dificuldades.
Para chegar nessa conclusão, os pesquisadores ouviram pessoas entre 4 e 29 de janeiro, juntando material para a terceira fase do estudo “State of the Bible 2021” intitulada “Esperança para o sofrimento”. A pesquisa examina como as pessoas recorrem à Bíblia em busca de conforto quando estão estressadas, e também como as Escrituras podem ajudar as pessoas que sofrem a compreender e lidar com seus traumas internos. Usando uma escala da Hope Agency com um intervalo de 3 a 24 pontos, os pesquisadores foram capazes de determinar “a confiança da pessoa de que ela é capaz de avançar em direção a seus objetivos, imaginando um futuro preferido e agindo para realizar essa visão”.
FIÉIS DO LUCRO
Se você é um empresário em dificuldades, tome nota. Há, no Brasil, um grupo de homens de negócios que tem uma receita bastante heterodoxa a fim de encontrar o caminho da prosperidade: aceitar a Palavra de Deus. Os menos religiosos vão achar estranha essa mescla pragmática de fé e  capitalismo. O grupo é grande, unido e rico. Ele se reúne sob a bandeira da Associação dos Homens de Negócio do Evangelho Pleno (ADHONEP). É mais uma forma encontrada da pregação do Evangelho. Em Natal, a ADHONEP se reúne às quintas-feiras, em auditórios confortáveis de hotéis luxuosos da cidade. Em virtude da Pandemia que assolou impetuosamente o mundo suas atividades presenciais foram suspensas, mas o presidente local, Hosmany Soares de Oliveira, estuda a possibilidade de retornar às atividades, obedecendo os protocolos das autoridades sanitárias.
GIDEÕES INTERNACIONAIS
Sem dúvida, os Gideões Internacionais vem demonstrando que são os maiores evangelizadores nesses últimos anos. Distribuíram em 2019 mais de 210 mil Novos Testamentos no Rio Grande do Norte, representando um investimento de R$ 400 mil reais, valor que se origina das doações dos Gideões (homens) e das auxiliares (mulheres). Os números colocam o Estado em primeiro lugar no país, na distribuição dos Novos Testamentos, segundo a entidade eclesiástica. Os Gideões Internacionais são uma associação interdenominacional de homens de negócio e profissionais cristãos, membros de igrejas evangélicas de várias denominações. Eles têm o propósito anunciar a Palavra de Deus por meio do testemunho pessoal e da distribuição de Novos Testamentos em hospitais, forças armadas, além de eventos congêneres em mais de 190 países.
IGREJA UNIVERSAL
Liderada pelo bispo Edir Macedo perdeu a ação que movia contra a Igreja das Nações do Reino de Deus, por ter supostamente utilizado nome, marcas e símbolos semelhantes. Segundo o juiz Luís Felipe Ferrari Bedendi, além de não ter acontecido uma reprodução integral das marcas da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), o uso das palavras “Igreja” e “Deus”, citadas no processo, não configura imitação. As informações são do Uol.  Para a igreja de Edir Macedo, a intenção da outra organização religiosa era obter “vantagens econômicas indevidas” por meio de doações ao confundir os fiéis. “São utilizados os mesmos aspectos gráficos, fonéticos e ideológicos, sem nenhum símbolo ou imagem para a diferenciação, causando extrema confusão”, disse a disse Macedo. Além da expressão “Jesus Cristo” nas fachadas e nos altares dos templos, o logotipo da Igreja das Nações utiliza uma pomba como símbolo. A Universal afirma que a pomba na logo é “praticamente idêntica” à sua. As únicas diferenças seriam a direção do voo e a cruz ao fundo, ao invés de um coração, como é o símbolo da Universal.
DEFESA DA IGREJA
Em sua defesa, a Igreja das Nações alega que a pomba é uma imagem comum para a religião cristã, uma vez que remete ao batismo de Jesus Cristo. A organização também afirmou que alterou o desenho, bem como a fonte do nome “Jesus Cristo” em sua logo para provar que seu objetivo é somente propagar a palavra de Cristo. “Não pode haver monopólio”, declarou a entidade religiosa. Em 2018, Romualdo Panceiro, que fez parte da Universal por mais de 30 anos e chegou a ser um dos principais ministros, rompeu com Edir Macedo e criou a Igreja das Nações. A Universal ainda pode recorrer da decisão.
CRISE ENTRE OS PODERES
Em resposta ao pedido de impeachment apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro contra o ministro Alexandre de Moraes, o Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou uma nota condenando a ofensiva do Palácio do Planalto. No texto, referendado por todos os ministros da Suprema Corte, a instituição diz repudiar "o ato do Excelentíssimo Senhor Presidente da República, de oferecer denúncia contra um de seus integrantes por conta de decisões em inquérito chancelado pelo Plenário da Corte". "O Estado Democrático de Direito não tolera que um magistrado seja acusado por suas decisões, uma vez que devem ser questionadas nas vias recursais próprias, obedecido o devido processo legal", enfatiza o texto.
CANDIDATO  INCONDICIONAL
Conta a história que no final de 1959, Quintanilha Ribeiro recebeu a cúpula da UDN (Carlos Lacerda e a raposa política mineira Magalhães Pinto, entre outros), na sua residência em São Paulo (SP) numa reunião para pressionar Jânio Quadros a ser candidato a presidente da República, “desde que aceitasse algumas condições”. Incomodado com a pressão, Jânio pediu uma “licencinha” e saiu da sala.Todos ficaram tomando uísque imaginando que o pré-candidato fora ao banheiro ou quem sabe buscar gelo. Até que perceberam que ele simplesmente tinha ido embora. Foi difícil, mas conseguiram convencê-lo a voltar à reunião. E não se falou mais em “condições”. Enfim, Jânio foi eleito presidente da República, em 1960. Renunciou o cargo, em 1961, o que pode ser associada a um conjunto de problemas, dentre os quais: a resistência em adotar uma forma autoritária de governo, defendida pelos militares; reação dos setores conservadores contra a política externa independente, especialmente, após a condecoração do líder revolucionário cubano Che Guevara, na reunião de países da América do Sul na cidade uruguaia de Punta del Este; crescente oposição popular, liderada pelo PTB, contrária ao controle da UDN e, em especial, à ascendência de Carlos Lacerda no governo; rompimento com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o lançamento de uma política de integração americana, Operação Pan-Americana (OPA), em contraponto à Aliança para o Progresso.
MINISTRO LEUCÊMICO
Diferentemente do ex-ministro da Educação, engenheiro e professor da Universidade de Brasília (UnB), Cristovam Buarque, sempre incentivou a formação  acadêmica, porém advogado e pastor da Igreja Presbiteriana em Santos (SP), atualmente, ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse que as universidades brasileiras deveriam ser para poucos. Em entrevista à TV Brasil, o reverendo defendeu a volta às aulas presenciais na educação básica, ironizou a demanda dos professores por vacinação contra a Covid-19 e se mostrou, mais uma vez, surpreso com o tamanho da Pasta que ele chefia há mais de um ano. Pudera, o reverendo devia está pastoreando o rebanho se é que ele tem chamada de Deus, e não para ministro, com atuação leucêmica para agradar somente o presidente Bolsonaro. É mais um “terrivelmente evangélico” que não entende do “mértier”.
LIVRO
O jornalista Tácito Costa está com dois livros prontos para o lançamento: “Crônicas da Quarentena” e “O Caderno de Deuzivaldo”. Este último é de contos, o autor passeando entre a ficção e a crônica, textos que se lia no seu site “Substantivo Plural”, a partir de 2016. Já “Crônicas da Quarentena” Tácito andou escrevendo no seu Facebook, cumprindo rigorosamente o isolamento social imposto pela Pandemia.  É como se fosse um diário, o quase dia-a-dia entre março e agosto do ano passado, “testemunho de uma época infeliz da nossa história”. Os dois livros serão lançados na Feira de Livros e Quadrinhos , com direito a autógrafo, que acontecerá no final de agosto, de 26 a 29, no Parque das Dunas, mas já   pode ser adquirido no Sebo Vermelho (Cidade Alta) e no Gajeiro Curió (Mercado de Petrópolis).
FHC, O ESTADISTA
Poucos meses depois de assumir seu primeiro mandato de Presidente da República em 1995, Fernando Henrique Cardoso (FHC), ávido por reformas econômicas e privatizações, se viu inútil diante da burocracia do serviço público federal. As mudanças – que ocorreram lentamente, eram tratadas com desprezo pelo funcionalismo público invisível, de escalões desimportantes.Foi quando o sociólogo a quem já achei último estadista brasileiro até se render a quem o chamou de ladrão, desabafou: “Nós, do poder, somos os cachorros ferozes, que de ferozes nada temos. Berramos e os gatinhos dos andares inferiores, simplesmente andam devagar, quase parando, forçando nosso desespero e à última instância de apelar para a boa vontade deles”.  FHC estava certo. 
HISTÓRIA É PRÓDIGA
A história política brasileira é pródiga em casos nos quais a ordem é dada com fúria e a sequência da demanda corre em câmera-lenta. Getúlio Vargas soube que sua guarda pessoal, comandada pelo Anjo Negro Gregório Fortunato, tinha mais de 100 componentes quando havia estourado o atentado ao jornalista e Corvo Carlos Lacerda na Rua Toneleros, no famigerado agosto de 1954. raíram o presidente, ele confiava nos auxiliares na busca da imagem do democrata que jamais fora, lutando para apagar o estigma do Ditador Cruel do Estado Novo, quando, entre outras atrocidades, liberou ao nazismo Olga Benário, casada com o líder comunista Luís Carlos Prestes, um dos homens mais cruelmente tratados da história do Brasil. O grito e a soberba, conforme  o FHC, ensinou em figura de linguagem, nem sempre se impõem  de liderança. Grosseria é rabeira.
OBITUÁRIO
.Encantou-se nas primeiras horas da manhã do domingo, 15 de agosto último, o médico cirurgião bariátrico do Hospital Rio Grande de Natal, Carlos Alexandre da Fonseca, 48 anos, vítima de infarto agudo no miocárdio. Correto e talentoso profissional era bem conhecido na capital potiguar. Deixa viúva, Eliane Fonseca, além de dois filhos. O sepultamento ocorreu no Cemitério Morada da Paz de Emaús de Parnamirim. Nossas condolências à família enlutada, especialmente, ao amigo médico e professor aposentado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal (UFRN), Carlos Fonseca., os quais choram a sua partida.
.Faleceu, sábado,14 de agosto, aos 77 anos, o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, fundador e presidente do conselho do grupo CAOA. Conforme assessoria de imprensa do grupo, Andrade estava com a saúde debilitada e foi a óbito enquanto dormia ao lado da esposa e filhos. O empresário ficou conhecido pelo tino para os negócios no setor automotivo e pelas ligações com políticos importantes de todo Brasil. Carlos Alberto também se viu envolvido em denúncias de compras de medidas provisórias durante os governos passados, possibilitando ao grupo CAOA deixar de pagar impostos de grande valor.
.O marqueteiro Duda Mendonça morreu, segunda-feira, 16 de agosto, aos 77 anos, em decorrência de um câncer no cérebro. Mendonça estava internado no hospital Sírio Libanês havia mais de dois meses. A informação foi publicada pela coluna do jornalista Lauro Jardim, de o jornal O Globo. Desde a internação em São Paulo, a pedido da família, as informações sobre o estado de saúde do publicitário não foram divulgadas. Famoso por sua atuação em campanhas petistas, e por ter criado o slogan "Lulinha, Paz e Amor", em 2002, Mendonça também trabalhou com nomes como Paulo Maluf, Miguel Arraes, Ciro Gomes, e Paulo Skaf. Em 2005, em depoimento à CPI dos Correios, Mendonça confessou ter recebido R$ 10,5 milhões pela campanha à eleição de Lula via caixa 2. Ele chegou a virar réu no processo do Mensalão, mas foi absolvido em 2012 pelo Supremo Tribunal Federal. Casado com Aline Mendonça, ele deixa quatro filhos.
 
GIRO PELO TWITTER...
...Com atraso, parabenizo ao meu ex-diretor do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM), deste Estado, advogado Cyrus Benavides, que quarta-feira, 18 de agosto passado, completou mais um ano de existência, sendo muito cumprimentado pela sua legião de amigos. Desejo-lhe longuras de anos e longevidade de vida;
...Do jornalista Vicente Serejo, em sua coluna no matutino Tribuna do Norte:”Era instigante para o jornalismo político a cobertura dos ataques e contra-ataques como a forma legítima de esgrimir ou esgrimar, se a palavra é a espada, o espadachim e o florete de quem, no estilo sutil ou agressivo, é capaz de montar e desmontar o golpe retórico do adversário. De uns tempos para cá, nesta era bolsonárica, a retórica política degradou-se, caída na vertigem maluca dos que não dominam a arte da formulação e caem no desvão da linguagem desabrida e bastarda”;
...O compositor e cantor baiano Gilberto Gil confirmou à grande imprensa que é candidato à Academia Brasileira de Letras (ABL). Vai disputar a cadeira 20, que era ocupada pelo jornalista potiguar Murilo Melo Filho, grande jornalista.
...Segundo o Ministério da Saúde, mais de mil casos da variante foram identificados e notificados no país desde maio. Além da vacinação, máscara e distanciamento social são essenciais para frear a disseminação da Delta;
 
...Golpe? – Será que as melhores cabeças da área militar, e que estão nos quartéis e não no governo, estão convencidos: não há condições para golpe. Faltam o peso da razão e um líder militar de verdade; e
 
...A advogada e vice-prefeita de Natal, Aila Cortez vai reunir, e organizar, um livro para ser o registro das ideias e ações do seu pai, o governador José Cortez Pereira de Araújo. Com informações sobre a sua vida, os discursos no Senado e no governo, e depoimentos de amigos, políticos e jornalistas.