Inocente: MPRN arquiva investigação sobre Klauss Rego

10/08/2019

Por: Redação do PN
Foto: Divulgação
 
O Ministério Público do RN através de documento de inquérito civil número 09.2013.000080 assinado pelo promotor de Justiça Rodrigo Martins da Câmara em 23 de julho passado comunicou o arquivamento de processo instaurado sobre Klauss Rego, por acusações quando este era prefeito de Extremoz, em 2012.
 
A investigação se deu em cima de representação feita pela então vereadora Arilândia Gomes concernente á suposta retenção indébita de valores de descontos previdenciários, empréstimos consignados e descontos sindicais de servidores pelo então prefeito.
 
Após investigação (processo 002.2013-PGJ) o MPRN concluiu que não houve qualquer ilícito cometido, com a Prefeitura explicando a contexto todos os descontos e mostrando documentação, e o MP não vendo lastro para propositura de Ação Cívil Pública.
 
Na peça, a investigação conclui que nao houve qualquer prejuízo causado pelo então prefeito ao erário municipal.
 
O processo de investigação foi então definitivamente arquivado. E a documentação foi tornada pública e enviada a Klauss.