Uso obrigatório de máscaras em locais abertos no RN chega ao fim dia 16 de março

08/03/2022


Foto: Reprodução

 

Após 2 anos de decreto estadual, a obrigatoriedade do uso de máscara em locais abertos chega ao fim no Rio Grande do Norte. Assim como o Rio de Janeiro, o estado já definiu a data e a partir do dia 16 de março o uso de máscaras deixará de ser obrigatório em ambientes abertos. A decisão foi confirmada na manhã desta terça-feira (8) pelo secretário de Saúde do estado, Cipriano Maia.
 
Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a queda no número de casos e óbitos nas últimas semanas, o comitê científico se reuniu para discutir o uso obrigatório de máscaras em locais abertos. A decisão foi tomada na noite desta segunda (7).
 
Após registrar o menor índice de transmissibilidade do vírus desde o início da pandemia, o estado apresentou dados suficientes para que o uso de máscaras deixe de ser obrigatório. Os números, atualmente, mostram que o RN possui a pandemia sob controle.
 
Vale ressaltar que a vacinação foi determinante para que o comitê científico tomasse a decisão. No RN, são 2.526.783 pessoas vacinadas com as duas doses, o equivalente a 79% da população potiguar. Com a primeira dose, esse número chega a 2.900.148, o que corresponde a 91%.
 
O uso de máscaras no Rio Grande do Norte é obrigatório desde o dia 7 de maio de 2020. À época, o decreto assinado pela governadora Fátima Bezerra estipulava uma multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento. Algumas cidades potiguares já haviam editado decretos municipais para obrigar a utilização de máscaras em situações específicas. Foi o caso de Natal, que desde 30 de abril obrigou o uso de máscaras em lojas e transportes públicos.