Bruno Cirino e Pedro Mendes lançam Duo Poti com EP com quatro músicas

16/09/2021


 
 
O encontro entre o violão percussivo e as composições de Pedro Mendes com a Sanfona magistral de Bruno Cirino, é o que vai se poder escutar a partir do dia 17 de setembro em todas as plataformas digitais. Nesse trabalho Pedro reafirma sua veia compositora e sua verve poética e Bruno se firma cada vez mais no nosso cenário artístico como um dos mais importantes sanfoneiros potiguares na atualidade. Esse trabalho inédito registra esse encontro musical dá forma ao Duo Poti.
 
Com amplo currículo, tanto Pedro Mendes como Bruno Cirino tem vasta experiência no cenário musical potiguar e brasileiro. Bruno já acompanhou nomes importantes como Eliano Julião e Trio Potiguá, ao passo que Pedro tem uma carreira de mais de 3 décadas sendo autor de canções importantes como o hino extraoficial de Natal 'Linda Baby' e recentemente lançou um novo trabalho, o álbum 'Escute Aqui'. Duo Poti é uma celebração do encontro de dois importantes nomes da música norteriograndense.
 
O EP traz 4 faixas inéditas compostas por Pedro Mendes, sendo uma delas parceria com a poetisa Paula Erica que faz uma participação do álbum, num formato acústico onde as músicas são acompanhadas exclusivamente pelo violão percussivo de Pedro e a sanfona de Bruno, dando um clima intimista e ao mesmo tempo dançante.
 
Todo o trabalho foi feito nos estúdios do Dosol e conta com a mixagem e masterização de Yves Fernandes, Direção musical, arranjos, voz, violão e percussão gravados simultaneamente de Pedro Mendes, a Sanfona fica por conta de Bruno Cirino e uma das músicas tem a participação de Paula Érica. Produção Executiva ficou por conta da parceria entre Rodrigo Bico, Valério Felipe e Abner Moabe, este último também fez as fotografias que compõe a capa finalizada por Natan Mendes.
 
Para fazer o Pré-save do álbum é só acessar: https://onerpm.link/duopoti
 
Duo Poti chega ao público no dia 17 de setembro em todas as plataformas digitais e esse trabalho teve o patrocínio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, através da Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.