Tempestade de areia deixa mortos e leva centenas a hospitais no Líbano

08/09/2015


Foto: Joseph Eid/AFP
Pelo menos duas pessoas morreram e centenas tiveram problemas respiratórios e foram hospitalizadas no Líbano nesta terça-feira, 8, devido a uma tempestade de areia que atingiu parte do Oriente Médio, segundo informações da Reuters. A tempestade também afetou a Síria na segunda-feira, 07, além de Israel, Jordânia e Chipre.
 
Segundo o Ministério da Saúde libanês, duas pessoas morreram e 750 foram hospitalizadas com problemas para respirar. O ministério orientou a população a permanecer dentro de ambientes fechados - principalmente pessoas com problemas de saúde, grávidas e idosos.
 
Quem precisar sair de casa deve utilizar máscaras cobrindo o rosto.
 
A visibilidade foi reduzida para poucos metros no mar na capital Beirute, onde as pessoas se moviam lentamente em meio à tempestade. Em Trípoli, lojas e restaurantes estavam fechados.
 
Os serviços meteorológicos preveem que a tempestade durará mais dois dias.
 
As tempestades de pó e areia são frequentes no Oriente Médio devido às massas de ar que procedem do deserto, neste caso do Iraque, situado ao leste do Líbano.
 
Mesmo assim, a imprensa libanesa polemizou e ironizou este fato, qualificando de "praga bíblica", já que ocorre junto a uma grave crise política no Líbano, exacerbada pelo problema dos resíduos urbanos na capital.
 

Fonte: G1