Cefas Carvalho

06/12/2017
Sim, minha timeline talvez tenha meio que ficado "uma bolha". Ao longo dos tempos desfiz amizade e bloqueei 1) Conhecidos aloprados que queriam apenas destilar ódio; 2) Amigos queridos que, apesar disso, se portavam de maneira deselegante e grosseira em minhas postagens e também porque os que ficaram sabem que não permito golpes abaixo da linha da cintura nos meus posts, então vão procurar confusão em outras pagarens.
 
De debates eu gosto. De grosseria e provocação gratuita, não.
 
Não obstante essa "bolha" volta e meio vejo nas linhas do tempos dos amigos/amigas umas bizarrices. Como no post de amigo sobre Manoela D´ávila, pré-candidata do PC do B á presidência, na qual um amigo dele depois de chamar o amigo dele de "masoquista", "alienado" e, nas entrelinhas, de burro, terminou com a frase "Não quero o Brasil Comunista, nas mãos desse pessoal que segue Stalin".
 
Stalin. Pleno 2017 e o cara usa Stalin para criticar alguém. E no mesmo dia em que a universidade Estácio demite 1,2 mil professores para recontratá-los ganhando bem menos. No mesmo dia em que Temer e Meirelles compram voto de deputados para a reforma da Previdência com R$ 3 bilhões.
 
E para o rapaz - que me pediu amizade no feice há tempos - acha que o problema do Brasil é a ameaça stalinista...