Número de jovens com título de eleitor é o menor registrado; veja como tirar o documento

24/03/2022


Foto: Reprodução

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou, em fevereiro, o menor número de jovens de 16 e 17 anos com título de eleitor da história. Nas últimas eleições, em 2018, foram mais de 1,4 milhão de pessoas dessa faixa etária aptas para votar no mesmo mês.
 
Segundo o TSE, cerca de 830 mil adolescentes dessa faixa etária, cujo voto é facultativo, segundo a Constituição de 1988, possuem o título de eleitor. Isso representa apenas 13,6% do total de habilitados para obter o documento.
 
O voto é o principal ato democrático e é por meio dele que a sociedade é capaz de mudar o país. Tirar o título de eleitor é um processo rápido e fácil, podendo ser realizado online em menos de 5 minutos. Para aqueles que não possuem acesso à internet ou dificuldade com o mundo digital, podem comparecer a Central de Cidadão, Cartório ou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) mais próximo.
 
VAMOS, GALERA, ADOLESCENTES! 
 
4 de maio é a data limite para o cadastro de novos eleitores. O requerimento pode ser feito online, no portal do TSE:
https://www.tse.jus.br/eleitor/titulo-de-eleitor/pre-atendimento-eleitoral-titulo-net/pre-atendimento-eleitoral-titulo-net/ 
 
Como tirar o título de eleitor?
 
O documento por ser feito online, a Justiça Eleitoral ampliou o serviço do Titulo Net para que você possa ser atendido sem sair de casa. É necessário apresentar documento de identificação com foto frente e verso, comprovante de residência recente e comprovante de débito com a justiça eleitoral.
 
Para os eleitores do sexo masculino, é necessário apresentar o comprovante de quitação do serviço militar.
 
O eleitor poderá requerer a primeira via do título (alistamento), mudança de município (transferência), alteração de dados pessoais, alteração de local de votação por justificada necessidade de facilitação de mobilidade ou revisão para a regularização de inscrição cancelada.
 
Para se cadastrar, é preciso enviar ou digitalizar documentos, além de informar um telefone de contato caso o cadastro esteja incompleto.
 
Vale ressaltar que o voto é obrigatório para maiores de 18 e facultativo a partir dos 16 anos. No entanto, os adolescentes que possuem 15 anos, mas completam 16 antes das eleições, também estão aptos a tirar o título de eleitor.