Supermercados registram queda de 2,7% nas vendas em janeiro de 2022

22/03/2022


Foto: Reprodução

 

Em estudo feito pela  Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), com base em transações feitas por meio de cartões da Alelo, bandeira especializada em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas, as vendas de supermercados e restaurantes caíram em janeiro 2022 em média, 2,7%.

A avaliação quanto aos Índices de Consumo em Supermercados (ICS), os dados de janeiro 2022, em comparado com o mesmo período de 2021, indicam um avanço de 5,5% no número de estabelecimentos que efetivaram pelo menos uma transação e 6,6% na quantidade de vendas.

Quando se observa as variações calculadas comparando 2022 com 2019, período pré-pandemia, o ICR mostra queda em dois indicadores em janeiro: de 25% no faturamento e 40,3% na quantidade de vendas. Já o número de estabelecimentos que realizou transações aumentou 1,7%.

Já para os restaurantes a avaliação do Índices de Consumo em Restaurantes (ICR), mostram baixa de 0,7% na quantidade de vendas e de 2,5% no número de estabelecimentos que efetivaram pelo menos uma transação no mês de janeiro. "Possivelmente, esses números são reflexo do agravamento da pandemia em todo o País, com efeito da nova variante, crescimento da inflação, queda na renda e mudanças no comportamento de consumo, repercutindo diretamente na queda dos indicadores relacionados a bares e restaurantes", destaca o presidente da Alelo, Cesário Nakamura.