Wallyson e ABC são punidos em competições CBF; pena do atacante alvinegro é de seis jogos

14/02/2022


Foto: Andrei Torres / ABC FC

 

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o ABC e o atacante Wallyson pelos fatos ocorridos na partida de novembro do ano passado pela Pré-Copa do Nordeste, contra o Sousa/PB, no Estádio Frasqueirão. Wallyson foi punido por seis jogos, enquanto o ABC perdeu um mando de campo. As punições são válidas apenas para competições nacionais que o Alvinegro dispute, ou seja, Copa do Brasil e Série C.

A decisão foi proferida por maioria dos votos em sessão realizada na última quinta-feira (10). A punição de Wallyson se deu por ofender e ameaçar a arbitragem. O atacante foi expulso da partida. Além da pena de jogos, o atacante foi multado em R$ 100.

O ABC foi punido por causa de pedras de gelo e uma lata de cerveja que foram atiradas pela torcida no campo de jogo. Além da perda de um mando de campo, o ABC foi multado em R$ 10 mil.

Após o término da partida, o lateral-direito Netinho – que atualmente está no futebol sueco – também reclamou com a arbitragem e foi punido com quatro jogos e multa de R$ 100.

Membros da comissão técnica alvinegra também sofreram sanções: o preparador físico Igor Tenório foi punido por quatro jogos e multado em R$ 100; o fisiologista Lawrence Borba pegou seis partidas de punição e multa de R$ 100. Os motivos das penas desses dois profissionais foram ofensas proferidas à arbitragem. O auxiliar técnico Altair Coimbra também foi suspenso: dois jogos, por desrespeito à arbitragem.