Gasolina pode aumentar no RN

16/01/2022


Foto: Reprodução

Os governos estaduais decidiram encerrar o congelamento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), sobre os combustíveis que vigorava desde novembro. A medida foi decidida, na última sexta-feira (14), em reunião do Comitê Nacional dos Secretários Estaduais de Fazenda (Comsefaz).

Segundo o Comsefaz, o descongelamento do ICMS foi decidido após a Petrobras elevar o preço dos combustíveis nas refinarias nesta semana. No primeiro reajuste em 77 dias, a gasolina subiu 4,85%, e o diesel aumentou 8,08%. 

No Rio Grande do Norte, o governo voltará a cobrar 29% de ICMS sobre o valor médio da gasolina na bomba apurado a cada 15 dias. Hoje, com o preço médio em R$ 6,95, o Estado passaria a recolher R$ 2,02 de ICMS por litro. Atualmente, o valor do imposto está congelado em R$ 1,92. Ou seja, na prática, com a cobrança majorada, o combustível deve ter alta de R$ 0,10 por litro.

 

<p rel="box-sizing: border-box; margin-top: 0px; margin-bottom: 1.5rem; line-height: 1.8; color: rgb(73, 80, 87); font-family: " open="" sans",="" -apple-system,="" blinkmacsystemfont,="" "segoe="" ui",="" roboto,="" "helvetica="" neue",="" arial,="" "noto="" sans-serif;="" font-size:="" 16px;="" background-color:="" rgb(248,="" 249,="" 250);"="">