Júlio Lima apresenta show ´Cosmopolita` no Bardallos neste sábado

18/12/2021


 
Todo artista é uma antena. Capta informações e percebe o mundo de uma maneira diferente. É transmutando essas percepções em arte que ele imprime suas “digitais artísticas” frente ao mundo, possibilitando assim o impulsionar das mentes para a reflexão e a criticidade.
 
O Artista Júlio Lima, desde o início de seu trabalho possui essas características, sendo também, um artista que sempre lutou pela música autoral potiguar e que com suas composições coloca-se como um “repórter, ou cronista de nosso tempo”, imprimindo suas visões e concepções, reportando-as de forma que suas vivências, de certa forma, atinjam o inconsciente coletivo. 
 
Durante sua trajetória, Júlio fugiu dos clichês e rótulos no que concerne a definir o tipo de música que faz, utilizando sempre o termo “Cosmopolita” (pessoa que se julga cidadão do mundo inteiro, ou que considera sua pátria o mundo) para identificá-la. 
 
No show “Cosmopolita”, que se realizará no Bardallosnatal neste sábado dia 18 de dezembro, às 20:30 horas, o artista comemorará seus 13 anos de carreira solo na versão cantautor(voz e violão) perpassando por um repertório repleto de canções diversas de sua autoria e em parcerias, compostas em passagens por Recife, Fortaleza, São Paulo e Porto Alegre. 
 
O repertório do show Cosmopolita também contará com canções do projeto (Re) compondo-se (realizado durante a pandemia e aprovado pela lei Aldir Blanc) e músicas do seu primeiro Cd Há sempre música (2009) e dos Eps Idiocracia (2019) e do recém lançado Universo do acolá (2021).