Apesar de fala negacionista de Bolsonaro, OMS ainda recomenda o uso de máscara

16/06/2021

Por: Luan Figueredo
Foto: Adriano Machado

 

Em recomendação de mais de 20 páginas, publicada nesta terça-feira (15), a Organização Mundial de Saúde admite que as medidas de restrição podem ser relaxadas, porém apenas nos casos em que a taxa de transmissão do vírus é baixa. Atualmente, a taxa no Brasil é de 1,07. Patamar considerado alto. 

 

A recomendação vai de encontro à recente declaração do presidente, Bolsonaro manisfestou publicamente, na noite da última quinta-feira (11), o desejo de derrubar o uso obrigatória de máscaras. Após declaração negacionista, a OMS voltou a reforçar que pessoas já vacinadas ou infectadas com o vírus devem usar máscara. 

 

Vale ressaltar que a OMS insiste que as recomendações, da última terça-feira, devem ser adotadas apenas pelos países onde a vacinação está rápida e a transmissão baixa e precisam, preferencialmente, ser acompanhadas por medidas que socorram à população vulnerável.