De Timor Leste/ Ásia, plano de ação acadêmico para o período pandêmico

26/07/2020

Por: Andrezza Tavares (IFRN) & Bento Silva (Universidade do Minho)
Foto: Paulo M. Faria (Universidade Nacional Timor Lorosa’e)

 

De Timor Leste/ Ásia, plano de ação para o período de suspensão das atividades acadêmicas motivado pela pandemia COVID-19

Entrevista internacional concedida ao portal de jornalismo Potiguar Notícias por Paulo M. Faria, Doutor em Ciências da Educação, especialidade em Tecnologia Educativa pelo Instituto de Educação da Universidade do Minho, em Braga/Portugal, onde desenvolveu a sua investigação e lecionou na área da formação inicial de professores. O entrevistado é professor de Português e, atualmente, é o coordenador científico-pedagógico do projeto FOCO.UNTL (Formar, Orientar, Certificar e Otimizar / Universidade Nacional Timor Lorosa’e), em Timor Leste, país localizado no sudeste asiático, sendo um dos países mais jovens do mundo pois alcançou a sua independência, como Estado Soberano, em 20 de maio de 2002. Nesta entrevista, Paulo Faria fala sobre os desafios do projeto FOCO que está a ser desenvolvido na Universidade Nacional Timor Lorosa’e, apresentando as atividades de um plano de ação que está a ser implementado durante o período de suspensão das atividades académicas, motivado pela pandemia COVID-19.

1. Tendo conhecimento que é o coordenador científico-pedagógico do projeto FOCO, promovido pela Universidade Nacional Timor Lorosa’e, para iniciamos esta entrevista pode dizer-nos em que consiste esse projeto?

O desenvolvimento do Projeto FOCO.UNTL (Formar, Orientar, Certificar e Otimizar), programado para 2019-2022 tem por missão contribuir para a melhoria da qualidade do ensino em Timor-Leste e a consolidação da língua portuguesa como instrumento para aquisição e acesso ao conhecimento.

Enquanto Coordenador científico-pedagógico do projeto FOCO.UNTL, constituído por 18 professores nacionais e internacionais, foi concebido um plano de ação para ser implementado durante o período de suspensão das atividades académicas, motivado pela pandemia COVID-19.

2. Como aconteceu a implementação desse plano de ação?

Com a designação genérica de plano para a "Execução e gestão dos métodos alternativos de ensino a serem implementados na UNTL”, a sua implementação decorreu de forma processual e modelar. Significa que para além de assegurar o cumprimento do programático dos conteúdos curriculares a distância, foram simultaneamente desenvolvidas atividades complementares na “materialização de projetos de promoção e difusão da língua portuguesa” para a comunidade académica e para a sociedade timorense em geral.

3. Nesse plano houve uso das tecnologias digitais?

Neste contexto, partimos do pressuposto de que a promoção da língua portuguesa deve ser realizada através de ações diversificadas, a conceção de recursos multimodais (escritos, áudio e imagem) representa, por esta via, uma prioridade quando sabemos que cada vez mais se aprende e se socializa por intermediação digital.

4. Pode descrever os objetivos e atividades das ações que fazem parte desse plano para fazer face aos constrangimentos causados pela pandemia?

Os projetos/ações que a seguir se enunciam fazem parte do plano estratégico delineado face aos constrangimentos vividos no período excecional provocado pela pandemia. Representam por isso uma resposta ao desafio de levar professores, estudantes da UNTL e sociedade timorense em geral a experienciar novas formas de comunicar e interagir em português, através da partilha de ecossistemas digitais em rede.

Sintetizam-se, a seguir, através de uma breve descrição, os projetos e ações de promoção da língua, da cultura e da literatura em português. Encontram-se disponíveis na página do CLP - https://www.facebook.com/clp.untl.edu.tl e no canal do Youtube - https://www.youtube.com/channel/UCLKXSe3XDA-EQzl0QZ7gWQQ?view_as=subscriber

1. Webinários

Objetivo: partilhar metodologias e recursos digitais em no âmbito da docência das unidades curriculares leccionadas pelos professores do CLP para a comunidade universitária e publicada nas redes sociais.

Atividade: Realizou-se um ciclo de oito Webinários, com o tema genérico “Planificação e Execução de Métodos Alternativos de Aprendizagem a Distância”. As sessões foram apresentadas em tétum e em português, duas vezes por semana, e estão disponíveis na página do CLP e também na página da UNTL e destinavam-se prioritariamente aos docentes da UNTL.

O ciclo de Webinários foi a primeira ação Live realizada para toda a comunidade académica durante o período de suspensão da atividades letivas na UNTL. A sua realização motivou a que outras unidades orgânicas partilhassem igualmente as estratégias encontradas para ensinar a distância. Em consequência, foi também solicitado que os professores do CLP concebam oficinas de formação para docentes nestas áreas.

2. Português Claro!

Objetivo: conceber um programa audiovisual que aborde casos críticos na aprendizagem do português.

Atividade: definida uma equipa de professores da UNTL, procedeu-se à investigação e seleção de um conjunto de casos críticos na aprendizagem do português por parte dos timorenses. Após esse trabalho, foram escritos e revistos roteiros para posteriormente se proceder à gravação em formato vídeo.

Foram apresentados três e estão já escritos e gravados 10 programas destinados à academia e ao público em geral. Cada um dos programas tem uma componente de estúdio e outra de interação no exterior.

A aceitação do programa foi muito positiva pela comunidade académica e tem-se registado manifestações da sua boa aceitação e da sua utilidade. O canal de televisão timorense GMN propôs inclusive que o programa fizesse parte da grelha de programação da referida estação. Neste momento, aguarda-se autorização superior.

3. Mundo-Livro

Objetivo: Divulgar e promover a leitura literária de obras de escritores lusófonos.

Atividade: trata-se de um programa/concurso lançado quinzenalmente e consiste na leitura de uma obra ou de um conto de um escritor de língua portuguesa, proposta mediante um curto vídeo de exposição das principais características narrativas do texto proposto e uma breve sinopse sugestiva da leitura.

Depois do vídeo de apresentação da obra, são gravados apresentadas duas gravações de excertos relevantes por professores nacionais do CLP, e, por fim, é disponibilizado um quiz online, na página do Facebook do CLP - sendo que o primeiro leitor a responder corretamente a todas as questões será premiado com um exemplar da obra em questão. Esta iniciativa encontrava-se proposta no Plano Anual de Atividades deste CLP, com a designação de UNTLeitura - Histórias com Voz, tendo sido adequada de modo a responder ao actual contexto, de ensino à distância e realização de atividades em contexto virtual na rede Camões.

4. Aula aberta

Objetivo: formar um repositório multimédia no âmbito da cultura, língua e literaturas em português.

Atividade: Cada um dos professores do CLP selecciona um tema cultural, linguístico, das literaturas em português. Esta atividade pressupõe que cada um dos professores exponha em vídeo uma matéria nos âmbitos definidos, dirigido para a comunidade académica e para o público em geral. Com periodicidade bissemanal, pretende-se disponibilizar um repositório multimédia que permita a sua reutilização em cursos de formação em língua portuguesa e na docência das atividades letivas.

5. Ciclo de Formação para o desenvolvimento profissional docente

Objetivo: garantir a formação e o acompanhamento científico-pedagógico dos docentes de Língua Portuguesa recrutados pelo Projeto, nacionais e internacionais através de professores de várias universidades.

Atividade: este ciclo de formação visa prioritariamente a formação em exercício dos docentes do Projeto FOCO.UNTL em diversos domínios. Para isso, estabeleceram-se contactos com professores com reconhecida experiência no domínio do desenvolvimento profissional docente e do ensino e aprendizagem do português língua não-materna.

6. Formação no âmbito das novas literacias digitais para professores da UNTL

Objetivo: organizar oficinas de formação em regime b-learning para colaborar na formação dos professores da UNTL no domínio da utilização de recursos digitais.

Atividade: face aos desafios surgidos no âmbito do período de confinamento provocados pela pandemia, os professores solicitaram que os professores do CLP ministrassem oficinas de formação para desenvolver estratégias de leccionação docente pelo recurso a meios digitais em contexto presencial e não presencial.

 

Agradecemos sua entrevista, desejamos que esses planos de ação tenham sucesso em experienciar essas novas formas de comunicar e interagir em português, para mais em se tratando de um país jovem cujo povo travou uma luta gloriosa para conseguir sua independência.

 

Nota: Esta entrevista publicada no Portal de Jornalismo Potiguar Notícias (https://www.potiguarnoticias.com.br/) integra o repertório de publicações do Projeto pluri-institucional intitulado “Diálogos sobre Capital Cultural e Práxis do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) - IV EDIÇÃO”. O Projeto, vinculado à Diretoria de Extensão (DIREX) do campus IFRN Natal Central e ao Programa de Pós-Graduação Acadêmica em Educação Profissional PPGEP do IFRN, articula práxis do campo epistêmico da Educação a partir de atividades de ensino, pesquisa, extensão, inovação e internacionalização com o campo da comunicação social a partir da dinâmica de produções jornalísticas por meio de diversos canais de diálogo social como: portal de jornal eletrônico, TV web, TV aberta, rádio e redes sociais. O objetivo do referido Projeto de Extensão do IFRN é socializar ideias e práxis colaboradoras da educação de qualidade social, de desenvolvimento humano e impacto social por meio da veiculação de notícias em dispositivos de amplo alcance e difusão de comunicação social. Para mais informações sobre o Projeto contacte a coordenadora: andrezza.tavares@ifrn.edu.br. O link do Projeto de extensão e desta publicação também será socializado por meio do portal eletrônico do PPGEP/IFRN (https://portal.ifrn.edu.br/ensino/ppgep/paginas/entrevistas), bem como, por meio do portal eletrônico da Faculdade FAMEN (https://www.editorafamen.com.br/entrevistas/).

 

Fonte: Paulo M. Faria (Universidade Nacional Timor Lorosa’e)