Suspeito de matar Renata Ranyelle é preso em São Paulo

11/12/2019

Por: Redação PN
Foto: REPRODUÇÃO
Na manhã desta quarta-feira (11) a Polícia de São Paulo prendeu Paulo Roberto da Silva, o Leo, de 36 anos. A prisão aconteceu no município de Guarulhos.
 
Leo é o principal suspeito do feminicídio de Renata Ranyelle, que morreu com um tiro no rosto após uma suposta tentativa de assalto na loja onde ela trabalhava, no município de São Miguel. 
 
O crime aconteceu no dia 24 de novembro. Renata ainda chegou a ser socorrida e ficou internada na UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, mas não resistiu aos ferimento e veio a óbito no dia 29 do mesmo mês. 

Fonte: Mossoró Hoje