Sebrae/RN coordenará atuação de mercado no programa Reate 2020

28/11/2019


Foto: Agência Sebrae/Anúncio foi feito por Lucas Limas, do Ministério das Minas e Energias
 
A experiência construída ao longo de décadas de ações prestadas junto a micro e pequenas empresas da cadeia do petróleo e gás potiguares renderá, ao Sebrae no Rio Grande do Norte, um papel estratégico no Programa de Exploração e Produção de Petróleo e Gás em Terra (REATE 2020), do Governo Federal. A afirmação é de Lucas Lima, integrante do Ministério de Minas e Energia (MME) e coordenador nacional do programa.
 
Segundo o representante do Governo Federal, que apresentou o Reate 2020, nesta terça-feira, 26, no Mossoró Oil e Gas Expo, no Expocenter, em Mossoró, a entidade coordenará, a nível estadual, uma das cinco frentes de trabalho (Mercado) que compõem o programa. O Sebrae RN será responsável pelo mapeamento do mercado de petróleo e gás onshore no Estado, a ser encaminhado ao Ministério de Minas e Energias para basear ações estratégias à reativação da produção de petróleo e gás em bacias terrestres no país.
 
“O Sebrae será fundamental nesse contexto, com papel decisivo para que o Reate 2020 alcance bons resultados. A expertise com a cadeia produtiva do petróleo e gás permitirá que as informações necessárias acerca de operadores, fornecedores e demais integrantes do nicho produtivo cheguem mais rápido para compor o programa e agilizem o desenvolvimento das ações voltadas ao setor”, explica o coordenador do Reate 2020.
 
Inicialmente o Reate 2020 abrange polos de exploração nos estados do Rio Grande do Norte, Ceará, Sergipe, Maranhão, Alagoas, Bahia, Espírito Santo e Amazonas, regiões onde, de acordo com o programa federal, a produção onshore deve alcançar produção de 500 mil barris de óleo equivalente, diários, até 2030. Atualmente são produzidos 270 mil barris diários do produto. Além do Sebrae, os demais grupos de trabalho do projeto são coordenados pela Associação Brasileira de Produtores Independentes de Petróleo (ABPIP), Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Ministério da Economia e Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP).
 
“A soma de esforços é mais do que necessária, porque entendemos que o sucesso do programa depende de todos os atores envolvidos e contar com a experiência de todas essas entidades, com certeza fará a diferença nos resultados do Reate 2020”, enfatiza.
 
De acordo com o gestor do Projeto de Petróleo e Gás do Sebrae-RN, Robson Matos, o Sebrae RN apoia fortemente o Reate 2020, e a participação no programa, em grupos de trabalho e apoio com uso de metodologias já aplicadas na entidade, trará reflexos diretos na atividade não só no Estado, mas no país.
 
“Estamos muito otimistas com a oportunidade de estarmos engajados firmemente no Reate 2020, com intuito de desenvolver a atividade do onshore no país. A participação nos grupos de trabalho, com suporte em metodologias que já usamos irá fortalecer a cadeia e trará resultados muito positivos”, prevê.
 
Digital
 
Agência SebraeFerramenta Petro Sebrae foi apresentada por Aline Lobo, da BahiaFerramenta Petro Sebrae foi apresentada por Aline Lobo, da BahiaDentro deste cenário, o coordenador do Reate 2020 destaca uma ferramenta desenvolvida pelo Sebrae Nacional em parceria com o Sebrae da Bahia e apresentada no Mossoró Oil e Gas Expo nesta terça-feira, 26, que deve contribuir de forma efetiva na interação entre todos os integrantes da cadeia produtiva do petróleo e gás. Trata-se do Petro Sebrae, portal digital que congregará empresas, operadoras e fornecedoras, entidades, além de vasto material acerca do segmento, a fim  de potencializar negócios do segmento através do ambiente gerado pela ferramenta digital.
 
“O portal será um ambiente de constante cooperação, de importância muito expressiva para o programa, reunindo fornecedores, dados econômicos, catálogos empresariais, entre tantas outras coisas, com objetivo final de gerar mais oportunidades de negócios e mobilizar a cadeia de petróleo e gás”, conclui.
 
Segundo Aline Lobo, gestora da Unidade de Ambiente de Negócios – Petróleo, Gás e energia do Sebrae Bahia, o Petro Sebrae está em fase de contribuição, sendo divulgado junto a parceiros, e, na prática, será um portal de inteligência setorial de mercado, dando visibilidade a todos os envolvidos na cadeia produtiva.
 
“O portal será lançado em 2020, e agora estamos na fase de divulgação, para que ele seja abastecido com informações sobre operadoras, fornecedores, dados econômicos, catálogos empresariais, entre tantas outras coisas, com objetivo final de gerar mais oportunidades de negócios na cadeia de petróleo e gás”, explica.
 
O Mossoró Oil e Gas Expo, realizado pelo Sebrae no Rio Grande do Norte e Redepetro RN, é o maior evento onshore do país, e mobiliza a cadeia produtiva do petróleo e gás de terça-feira (26) até amanhã, 28, no Expocenter, em torno de vasta programação que contempla palestras com grandes operadoras internacionais e nacionais, Rodada de Negócios, minicursos e simpósio científico coordenado pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa).
 
Serviço:
www.rn.agenciasebrae.com.br
http://www.rn.sebrae.com.br
http://www.facebook.com/SebraeRN
http://www.twitter.com/SebraeRN
Call Center: 0800 570 0800
Agência Sebrae de Notícias (ASN RN): (84) 3616-7911