UFRN é eleita quarta melhor universidade do Nordeste

08/10/2019

Por: Redação PN
Foto: Reprodução / Internet
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi considerada a 22ª melhor universidade do Brasil e 4ª melhor do Nordeste no Ranking Universitário Folha 2019 (RUF), realizado pelo jornal Folha de S. Paulo, divulgado nessa segunda-feira, 7. No quesito “Internacionalização”, a instituição ainda ficou em 18ª em nível nacional e em 2º no Nordeste, conforme dados que avaliaram 197 instituições de ensino superior do país.
 
O levantamento ainda mostrou que a UFRN subiu de 32ª para 29ª no conceito “Avaliação de Mercado”. Também foram registradas melhoras na classificação de alguns cursos, como Serviço Social, que subiu da 25ª para a 12ª posição, e Fisioterapia, que estava em 12º em 2018 e aparece em 9º neste ano.
 
Para Márcio Vinício Barbosa, secretário de Relações Internacionais da UFRN, o resultado é sinal de que as verbas voltadas à pesquisa estão sendo bem aplicadas, o que ajuda a aumentar a visibilidade da Universidade.
 
No entanto, ele ainda critica os critérios utilizados no ranking. “No caso da internacionalização, a lista se baseia apenas no número de citações internacionais por docente e no número de publicações em coautoria internacional, enquanto outros levantamentos consideram o número de alunos e professores estrangeiros, além do relacionamento com outras instituições”. A UFRN tem cerca de 200 parcerias internacionais.
 
O RUF também usa uma metodologia diferente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), desconsiderando pontos relevantes. Por exemplo, 42% da nota é relativo à pesquisa e apenas 32% ao ensino. Na área do “Ensino”, 20% da nota é decorrente da opinião dos docentes, enquanto no Enade só tem 4%. O ranking também não considera a Extensão, mesmo fazendo parte do tripé dos pilares universitários (Ensino, Pesquisa e Extensão).
 
RUF
 
Realizado no Brasil desde 2012, o índice avalia cinco critérios: Pesquisa Científica, Qualidade de Ensino, a Avaliação de Mercado, Inovação e Internacionalização, amparada pelas pesquisas feitas em parceria com instituições estrangeiras e o número de citações que os docentes recebem no exterior.
 
Enade
 
Quatro cursos da UFRN atingiram a nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) em 2018. Dos cursos avaliados, os que receberam nota máxima forma Publicidade e Propaganda, Psicologia, Direito (campus Natal) e Serviço Social. Os dados foram divulgados na última sexta-feira, 4, no portal do Inep.
 
Com informações do Porta no AR