Natália Bonavides crítica no Plenário censura à peça de grupo teatral potiguar

11/09/2019


Foto: Gustavo Bezerra
 
A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) se solidarizou publicamente com o grupo de teatro potiguar Clowns de Shakespeare, ontem (10), no Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília.
 
O grupo teve sua peça "Abrazo" cancelada pela Caixa Econômica Federal. Alegando quebra contratual, a Caixa Cultural encerrou o contrato com o Clowns sem maiores explicações. Em nota, o grupo informou que recebeu um comunicado oficial da Caixa Econômica informando o fim do contrato, que deveria se estender até o próximo dia 15 de setembro. 
 
“A censura voltou no Brasil, Bolsonaro despreza a democracia. O grupo de teatro Clowns de Shakespeare teve o espetáculo cancelado de forma repentina e a suspensão ocorreu sem nenhuma justificativa, nem a companhia poder apresentar alguma posição. Afinal, não há como se defender se a motivação não foi dita, o que fere a nossa Constituição Federal. É um absurdo! Nós apresentaremos ações contra tais censuras, seja no Judiciário brasileiro, seja nos órgãos internacionais, e não ficaremos silentes vendo a nossa democracia se desmanchando”, declarou a parlamentar. 
 
Inspirada no Livro dos Abraços de Eduardo Galeano, com roteiro de César Ferrario e direção de Marco França, a peça em questão retrata, sob o olhar de uma criança, um país onde as pessoas não podem se abraçar.