Cervejeiros se encontram com representantes do Governo em busca de isenção

30/08/2019

Por: Redação PN
Durante a manhã desta quinta-feira (29) um grupo de 28 empresários do ramo da cervejaria artesanal se reuniu com o secretário do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, juntamente com a parlamentar estadual Isolda Dantas no Centro Administrativo. O setor sofre com pesada tributação, chegando a 31% de ICMS e deseja abrir um diálogo com o Governo para que possam produzir com taxas menores. 
 
A iniciativa contou com o apoio do jornalista José Pinto Júnior, diretor do Potiguar Notícias que também esteve presente na reunião com representantes do Governo. O Secretário Jaime Calado se mostrou sensível com o grupo de empresários, considerou desleal a taxação sobre os cervejeiros, uma vez que grandes produtoras de bebidas recebem grande isenção fiscal. 
 
"Esse é um setor que gera muito emprego. Um setor que é todo aqui do estado, as matrizes de outras marcas não está aqui. Nada contra mas é melhor que seja aqui. É uma cerveja artesanal, tem uma série de vantagens. Então no estado é bem-vindo sejam aquelas regionais, locais, internacionais mas sendo do estado é melhor ainda", comentou Jaime. 
 
Avaliou que a governadora Fátima Bezerra prioriza os pequenos empresários potiguares. 
 
Anderson Barra da cervejaria Resistência avaliou como positivo o encontro por parte da deputada Isolda Dantas e do Governo. "Vimos que todos estão entusiasmados, com interesse, porque vai gerar emprego e renda para o estado", disse. 
 
A deputada afirmou que o setor cresce e tem potencial para gerar empregos, além de fomentar outros setores. "Hoje o Rio Grande do Norte tem em média 300 grupos que produzem cervejas artesanais. É um produto que tem ganhado espaço no mercado - então esse é um setor que indiscutivelmente pode contribuir muito com o desenvolvimento do Rio Grande do Norte". 
 
O secretário adjunto da Tributação, Manoel Assis, disse que o primeiro encontro foi interessante e garantiu que a pasta irá estudar para buscar incluir as demandas dos cervejeiros artesanais em concessões fiscais. "Temos que identificar algum Estado que conceda esse benefício, porque as legislações federais impedem esse benefício diretamente, mas se outro estado vizinho do Nordeste já oferecer, nós vamos apresentar ao Governo para conceder". 
 
Os cervejeiros e o secretário adjunto da Tributação terão um novo encontro em 15 dias para acompanhar as demandas.