“Com Nilberto, a AFURN é nossa parceira”, diz diretora do Museu Câmara Cascudo

26/02/2016

Por: Redação PN
Foto: Fotomontagem
A diretora do Museu Câmara Cascudo, Fátima Ferreira, em entrevista recente ao Conexão Potiguar, na BAND Natal, enalteceu a parceria do Museu com a AFURN (Associação de Funcionários da UFRN). “Nilberto Galvão [presidente] é muito dinâmico e promove vários programas que movimentam os associados, fazendo visitas ao Museu, o que torna nossos funcionários e aposentados mais próximos do nosso acervo e da nossa cultura”, elogiou a bióloga.
 
O museu tem como especialização a paleontologia e a antropologia e guarda um acervo analisado por estudantes, pesquisadores e turistas de todo o Brasil. “Recebemos alunos da rede privada e da rede pública de ensino, bem como pesquisadores e turistas de vários lugares do país”, afirma.
 
A diretora registrou na entrevista que há pouca divulgação em relação ao fato de o museu pertencer à UFRN. “A reitora está muito sensível quanto a essa realidade. De nossa parte, estamos fazendo o possível, e a AFURN é parte importante deste, concluiu Fátima.
 
Museu Câmara Cascudo
 
Localizado na Av. Hermes da Fonseca, em Petrópolis, o museu está aberto para visitação de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, com entrada gratuita.
 
Contém exposição de fósseis, sedimentologia, anatomia comparada, ambientes, ciclos de couro e da cana-de-açúcar, artes sacra e popular, arqueologia, ideologia e culto afro-brasileiro, além de peças relevantes da História do Rio Grande do Norte.
 
Como parte do seu acervo, está o fóssil do mamífero Pachyarmatherium brasiliense, descoberto em 2010. Foi encontrado em Baraúna em uma caverna e estima-se que o animal possuía cerca de 100 Kg. Acredita-se que tenha entre 40 e 100 mil anos.