Windows 10 é lançado no Brasil; veja detalhes

30/07/2015


Foto: Divulgação
Com as atualizações do Windows 10 acontecendo em ondas, a Microsoft realizou eventos nas principais cidades do mundo, incluindo o Brasil (em São Paulo), para lançar oficialmente o seu novo sistema operacional. O encontro na capital paulista reuniu membros do Windows Insider, que ajudaram a fabricante do Windows a desenvolver o software e caçar bugs, e contou com demonstrações.
 
Gustavo Lang, diretor do Windows para Brasil, explica que o foco da Microsoft, agora, é entregar o sistema operacional como um serviço contínuo e não mais um pacote fechado, atualizado de tempos em tempos. Exatamente por isso, quem possui as versões Windows 7 e Windows 8.1 oficiais poderão atualizar gratuitamente para o Windows 10 durante um ano, renovando os seus computadores.
 
Segundo Lang, a atualização é válida por máquina. Ou seja, se você comprar, por exemplo, um computador usado e que não tenha sido atualizado no período, não poderá usar a antiga licença para atualizá-lo. O período de um ano deve ser respeitado, em todos os casos e PC por PC.
Pela primeira vez, a Microsoft contou com a ajuda de colaboradores por todo o mundo. Chamado Microsoft Insider Program, a iniciativa disponibilizou versões em construção (builds) para que interessados pudessem testar e dar feedbacks sobre novas funções e recursos criados no Windows. 
 
PRIMEIRA ONDA JÁ ATINGIU INSIDERS
Entretanto, o trabalho não acaba por aí. Entregue como serviço, o sistema receberá atualizações constantes e não somente quando mudar a versão do sistema operacional. "Vamos continuar convidando para as pessoas participarem e nos ajudarem nas próximas atualizações", disse Lang.
 
O update será feito em três diferentes momentos. "A primeira onda atingiu os Insiders. A segunda é para os que reservaram a atualização", explica. Por fim, os outros usuários poderão atualizá-lo. 
 
XBOX, CORTANA E EDGE
Para apresentar a demo do Windows 10, Fábio Gaspar, gerente de produtos da Microsoft, revelou algumas das principais novidades. Com foco em se tornar uma plataforma única para todos os dispositivos, a Microsoft incorporou o Xbox One com os outros aparelhos por meio de streaming. 
 
Dessa maneira, o videogame pode ser conectado a um computador, permitindo que o usuário jogue direto no desktop ou notebook. "Por enquanto não há nenhuma restrição de jogos mais pesados. Quanto melhor a lan e o roteador forem, melhor a experiência. A conexão é ponto a ponto para o roteador e para o computador, então não depende da internet", explica Gaspar. 
 
Outro ponto importante é a Cortana. O assistente pessoal está ainda mais inteligente e aprende conforme você o utiliza, trazendo dicas e entendendo melhor o usuário. A versão em português estará disponível no final do ano para Insiders testarem e ajudarem na versão final (ainda sem data exata).
 
Por fim, há a mudança do Internet Explorer para o Microsoft Edge. Entre as novidades há a possibilidade de usar o browser em modo de leitura, além de ser possível fazer anotações nas próprias páginas. A nova versão não permite plugins, ainda. Por outro lado, o IE 11 também estará disponível e vai rodar paralelamente, sendo útil, por exemplo, no caso de bancos que exigem o uso de plugins de segurança. O usuário será redirecionado automaticamente nesses casos, segundo a Microsoft.
 
No Brasil, o encontro ocorreu em São Paulo e doze outras cidades em todo o mundo receberam o Windows 10: Sidney, Tóquio, Singapura, Beijing, Dubai, Nova Delhi, Nairóbi, Berlim, Joanesburgo, Madri, Londres e Nova Iorque. Os convidados puderam experimentar versões de demonstração exclusivas do software e conhecer os membros da equipe do Windows locais.