Protagonismo potiguar em próxima supersérie da Globo

28/03/2018

Por: Maurílio Medeiros
Foto: Reprodução

Pedro Fasanaro, Ênio Cavalcante, Quitéria Kelly e Titina Medeiros. Estes serão os novos representantes do teatro norte-rio-grandense na telinha. A partir de 23 de abril, poderemos nos deparar com rostos já conhecidos no cenário artístico potiguar. Às 11h da noite, será transmitida a supersérie “Onde Nascem os Fortes”, nova aposta da Rede Globo para o horário nobre.

Sinopse

Com roteiro de George Moura e Sergio Goldenberg, contará a história de Maria (Alice Wegmann) e Nonato (Marco Pigossi), gêmeos aventureiros viajando para o interior do Nordeste, terra natal de sua mãe Cássia (Patricia Pillar). Maria, entretanto, acaba se apaixonando pelo empresário Hermano (Gabriel Leone), filho de Pedro Gouveia (Alexandre Nero), conhecido como "Rei do Sertão". O relacionamento do casal está prestes a ruir quando Nonato desaparece misteriosamente após flertar com Joana (Maeve Jinkings), funcionária e amante de Pedro. A protagonista, então, estará disposta a tudo para descobrir o paradeiro do irmão. A superproduçãoo terá, ainda, José Luiz Villamarim como diretor artístico e Luísa Lima na direção-geral. Será estrelada por Alice Wegmann, Gabriel Leone, Patrícia Pillar, Fábio Assunção, Débora Bloch e Alexandre Nero.

Titina Medeiros

Resultado de imagem para titina medeiros

Última a ser adicionada ao elenco, a acariense é a única com experiência na televisão. Aos 40 anos, já participou de quatro novelas e um filme, transformado em minissérie de 3 capítulos. Além disso, possui no currículo uma extensa carreira no teatro, iniciada em 1992. Sua estreia na TV se dá através da desajeitada vilã Socorro. Com seu lado cômico, a empregada doméstica do folhetim das 7 “Cheias de Charme”, em 2012, alavancou a carreira da atriz já famosa nas artes cênicas do RN. Neste novo projeto, no entanto, desvencilha-se do papel que a tornou célebre e interpreta a presidiária Bethânia. Misteriosa e cheia de segredos, dividirá as telinhas com Cássia (Patrícia Pillar).

Quitéria Kelly

Resultado de imagem para quiteria kelly

Nascida na capital potiguar, já teve que se dividir entre sua cidade natal, Recife e Paris. Assim como Titina Medeiros, constitui-se uma das fundadoras do Carmin. Iniciado em 2007, o grupo teatral já percorreu o Brasil. Ao lado de outros profissionais, os espetáculos chegaram a ser exibidos na França. No cenário estadual, a atriz já esteve à frente da direção do Teatro Sandoval Wanderley, entretanto, abandonou o cargo para dedicar-se, exclusivamente, ao novo projeto televisivo. Com vasta experiência nos palcos e nas telonas, prepara-se, agora, para brilhar com sua participação especial no horário nobre da emissora carioca.

Pedro Fasanaro

 Resultado de imagem para pedro fasanaro

Assim como Quitéria, Pedro, 20, também é natalense. Versátil, concilia o ofício na 2ª Arte com os interesses em música, performance e maquiagem. Discente de Teatro na UFRN, fez parte de pequenos projetos em sua incipiente carreira, cuja atração surgiu na infância e concretizou-se aos 16 anos. Ainda adolescente, estreou nos palcos interpretando pequenos papéis, nada comparado ao seu próximo desafio: dar vida ao recepcionista Valdir, o qual contracenará com os protagonistas. 

Ênio Cavalcante

 

Fechando o ilustre time de atores, mais um oriundo do teatro. Natural de São Gonçalo do Amarante, já é figura carimbada no cenário artístico do Estado. Aos 34 anos, migrará dos palcos para as telinhas, junto com os demais conterrâneos, levando o talento potiguar para o mundo.