Minha história com Parnamirim

29/01/2018

Por: Luciano Fabricio
Em meados de 2010, chega ao município de Parnamirim no Rio Grande do Norte, o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e com isso uma grande oportunidade para muitos que gostariam de fazer parte do quadro de funcionários desta agência. 
 
Na verdade, inicialmente para mim, seria uma grande oportunidade de trabalhar em um lugar próspero e importante para a economia de nosso Estado. Para quem estava há aproximadamente 3 anos em Santo Antônio, no agreste potiguar, acreditava que tinha chegado a hora de sair, de trabalhar em um município deste porte.
 
Lembro-me que um primeiro momento, fui cogitado para fazer parte da equipe inicial e trabalhar na carteira de micro e pequena empresa da agência, porém logo em seguida, fui redirecionado para uma agência localizada na capital potiguar e com isso foi adiada a minha chegada por aqui.
 
 Mas de onde vem esse desejo para quem trabalha em uma instituição bancária? Por que essa vontade de trabalhar neste município? Posso, rapidamente afirmar, que um dos motivos que desperta isso é a constatação que Parnamirim tem vida, ela passa uma impressão que não necessita de algo externo para sobreviver, pois possui luz própria.  Chama bastante a atenção de qualquer um que esteja circulando na cidade a grande movimentação das pessoas através de seus carros, suas motocicletas e bicicletas. Observar a urgência das pessoas que sempre estão tentando resolver algo, além de toda a grande estrutura, principalmente do setor de comércio e serviços é algo que fascina a todos.
 
Chega o ano de 2017 e recebo uma ligação de nossa instância superior, comunicando o meu novo local de trabalho. Foi bem assim: "Luciano, você irá para a agência de Parnamirim". Naquele momento veio a mente a lembrança de 7 anos atrás, aquela mesma que "ficou no quase". Desta vez aquele desejo seria realizado e agradeço até hoje pela oportunidade que me foi dada, pois a cada dia aprendo e gosto das pessoas que fazem parte deste lugar.
 
Ainda farei 1 ano em Parnamirim, mas desde o início venho trabalhando, de forma incansável, e com o único objetivo de ajudar, junto com a nossa equipe, a todos os agentes produtivos que estão inseridos nesta região. Temos total consciência que o nosso trabalho pode mudar para melhor a vida de muitas pessoas e nada é mais motivador que isto. 
 
Diante da crise econômica instalada em todo o país, cresce significativamente a importância do BNB na região nordestina. Por este motivo, sentimo-nos obrigados a ajudar da melhor forma aos parnamirinenses.
 
Aqui temos um berço de oportunidades, um local que pela sua história mostra-se decisivo. O nosso RN sem uma Parnamirim forte perde muito e é por isso que estamos aqui tentando ser um agente catalisador de seu desenvolvimento. Esta é a nossa nobre função e é assim que queremos sempre ser reconhecidos.