Turismo

Empresários franceses terão participação na construção da marina Via Costeira

A proposta dos franceses é construir a marina na Via Costeira nas imediações do Hotel Barreira Roxa e entre os principais hotéis da cidade. O investimento previsto é de 40 milhões de euros e terá capacidade para receber 350 embarcações.


09/02/2015

      Os empresários franceses Jean-Marie Barbero e Sergio Azzaretto da New Co Marine confirmaram hoje (dia 9)  ao secretário municipal de Turismo (Setur), Fernando Bezerril a vinda a Natal no início de março e confirmaram que o projeto de construção da marina de mar aberto na Via Costeira continua evoluindo, inclusive com um sócio interessado. Segundo Fernando Bezerril, os empresários estarão providenciando também em Natal encaminhamentos de documentação junto aos órgãos de meio ambiente.      

      A proposta dos franceses é construir a marina na Via Costeira nas imediações do Hotel Barreira Roxa e entre os principais hotéis da cidade. O investimento previsto é de 40 milhões de euros e terá capacidade para receber 350 embarcações, além de uma estrutura que será montada na área da marina com cursos de formação das profissões do mar em parceria com a Federação do Comércio do RN, por meio do SENAC e Hotel Barreira Roxa. “ A proposta dos franceses com a implantação do projeto da marina da Via Costeira é fidelizar os iatistas permanentes, os quais  encontrarão em Natal um ponto de partida atraente para as suas viagens ao redor do mundo e também a reparação de seus barcos, além de estabelecer escola profissionalizantes com jovens para trabalhar na atividade náutica”, salientou Fernando Bezerril.

CONSULADO PEDE APOIO A SETUR NATAL

        O consulado honorário da França em Natal entrou em contato hoje com o secretário Fernando Bezerril para atuar junto com a Aliança Francesa de Natal para captar  profissionais natalenses interessados em fazer estágios de trabalho no Canadá. No período de 8 a 11 de março, a representante daquele País, Perla Hara Ruiz estará fazendo palestras na Aliança Francesa sobre essa proposta. Segundo a relações públicas da Aliança Francesa Emanuella Reynaud, os países de língua francesa interagem em várias iniciativas  e daí está apoiando a solicitação do Canadá. Podem participar da palestra profissionais da área de medicina, engenharia, contabilidade, administração e enfermagem. A Aliança Francesa também estará pronta para apoiar na capacitação de jovens natalenses na língua francesa quando forem recrutados para a escola náutica montada pela New Co Marine, com a implantação da marina da Via Costeira.