Tatiana Linhares

03/12/2017

A internet é uma invenção maravilhosa? É sim, uma invenção incrível!

A internet aproxima as pessoas? Com certeza! Morando a muitos estados de distância de minha família mineira, só a internet tem salvado minha comunicação com pais, irmãos e sobrinha-mais-fofa-do-mundo.

A internet nos torna mais sabedores de coisas? Se essa for sua intenção,sim!

Porque tantas perguntas sobre internet? Porque tem gente que está usando isso errado!

Gente, a internet nos abre um gigantesco leque de conhecimento e acesso democrático à informação. Na minha época de estudante do ginásio (sim, eu sou da galera que tinha os anos de estudos divididos em fundamental e ginásio!), minha principal ferramente de consulta eram os mais de 20 volumes de uma enciclopédia chamada Barsa! Sim, a Barsa era o berço do saber para estudantes até os 17 anos!!! Capa dura vermelha, dividida em ordem alfabética, com informações sobre tudo... era o Google da minha geração!

O ato de consultar um livro e passar horas em cima dele, lendo e pesquisando, nos faziam estudantes que se aprofundavam nos assuntos. Hoje em dia tenho a sensação de que os conhecimentos ficaram superficiais. E isso forma seres humanos igualmente superficiais.

Ao mesmo tempo que a internet nos possibilita um acesso rápido à informação e um volume muito maior de fontes de pesquisa, ela está formando adultos rasos. Interessante, né?! E sabe o que isso faz com a convivência humana? Isso que estamos assistindo todos os dias: intolerância, desrespeito e desumanidade.

A internet nos deu não apenas liberdade para buscar apenas o que nos interessa, mas para falar sobre tudo o que pensamos sem filtro e sem vergonha. Vergonha sim! Porque na minha época, as pessoas tinham vergonha até de expôr seus preconceitos! Hoje, elas ligam câmeras viradas para si mesmas e chamam crianças negras de macacas.

A internet nos tornou uma sociedade de egoístas narcisistas, onde o "eu" se sobressaí ao nós! Onde o que "eu" penso não me permite respeitar o que "você" pensa. Estamos virando um bando de seres humanos chatos, duros, insensíveis. Não discutimos mais as ideias, impomos! Se você não concorda comigo, você não serve para ser meu amigo! E tome amizades desfeitas no facebook, bloqueios no whatsapp e deixar de seguir no intagram.

Quando foi que começamos a basear nossa convivência em redes sociais? Onde foram parar as discussões acaloradas em mesas de buteco? Quando foi a última vez que você e sua família almoçaram ao redor de uma mesa com os celulares desligados? Quando foi que você deu "bom dia" pessoalmente para alguém, ao invés de mandar imagens com frases prontas pelo whatsapp? Quem diabos transformou a palavra "coxinha" em xingamento? Que dia o termo "esquerdopata" virou descrição de caráter? Porque estamos discutindo as intimidades das pessoas em rede nacional?

 

E você, que me lê, levante a cabeça do seu celular, e vá viver. Porque existe vida além da internet!