Polícia Civil prende suspeito de crime contra subtenente aposentado da Marinha em Mossoró

30/06/2022


 

Policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Mossoró cumpriram nesta quarta-feira, 29, um mandado de prisão preventiva contra João Paulo Borges da Silva, acusado de participação no crime que vitimou o subtenente aposentado da Marinha do Brasil, Ricardo Luiz dos Santos, 57 anos, no último domingo, 26.

 

João Paulo Borges, de 24 anos, foi preso em casa no bairro Abolição III, suspeito de latrocínio (roubo seguido de morte). Com ele a polícia apreendeu televisores. João Paulo foi conduzido até a Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró e autuado em flagrante por suspeita do crime de receptação. Após exames no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP/RN), o acusado foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

O CRIME

Ricardo Luiz dos Santos, aposentado da Marinha do Brasil, estava em uma casa no bairro Bela Vista quando foi surpreendido por homens armados que segundo investigações teriam invadido a residência na tentativa de fazer um arrastão. Ao perceberem que a vítima portava uma arma, os bandidos efetuaram vários disparos e o subtenente aposentado foi atingido por quatro tiros. Ele morreu no local. Na ocasião, uma idosa de 71 anos também foi baleada e socorrida para o hospital Tarcísio Maia.