"Isso é aqui é um show, não um comício", diz Elba Ramalho após ouvir gritos de "fora Bolsonaro"

27/06/2022


Foto: Reprodução/CNN Brasil

 

Neste domingo (26), durante a sua apresentação na Festa de São João, organizada no Parque de Exposições em Salvador, a cantora Elba Ramalho interrompeu um show após o público gritar “fora Bolsonaro!”. De acordo com a artista, o motivo para a interrupção é de que aquele local não era adequado para manifestações políticas. 

 

Depois de interromper o seu repertório, a plateia seguiu com os gritos de cunho político, mas dessa vez em homenagem ao ex-presidente Lula, com os dizeres "Olê, olê, olá, Lula, Lula!. Na sequência, a cantora responde: "Não, não quero fazer política, desculpa. Isso aqui é um show de São João, não é um comício", enfatizou. 

 

Durante a ação do público, a cantora, em direção aos organizadores, ressaltou que ia esperar o fim da manifestação, respeitando o princípio democrático, mas lançando uma provocação às pessoas. "Tô esperando, né? A plateia está se manifestando. Como a gente vive em um país democrático, tem que deixar eles se manifestarem. Cada um tem o presidente que merece, isso é um fato", disse Elba. 

 

Elba, que ia apresentar uma nova música ao público durante o evento, já demonstrou publicamente sua adesão ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Antes da reação dos presentes, a artista comentava sobre o momento difícil que o Brasil viveu na vigência da pandemia de Covid-19.