Técnica salva atleta do nado artístico e detalha o drama após acidente: "Dois minutos sem respirar"

23/06/2022


Foto: Reprodução/OLI SCARFF

 

Após os momentos de tensão que paralisaram o Mundial de Desportos Aquáticos, que acontece em Budapeste, o alívio. Depois de ter salvado Anita Álvarez, que sofreu um desmaio dentro da piscina após uma apresentação de nado artístico, a técnica Andrea Fuentes conseguiu falar sobre os momentos de tensão.

“Foram dois minutos sem respirar e, com as pulsações a 180, você não quer estar dois minutos sem respirar. Teve um momento que me assustei de verdade e, agora, estamos rindo as duas juntas. Ela está muito bem. Tem que descansar. Amanhã [quinta], vai descansar o dia todo e estará muito bem para a final de equipes”.

Segundo a treinadora, ela começou a entender que a situação não estava normal nos primeiros momentos após o fim da apresentação. Apesar de pedir ajuda para que a atleta fosse resgatada, Andrea Fuentes viu que a melhor opção seria pular na água.

“Falei 'isso não é normal'. Gritei para os socorristas para que pulassem na água, mas não ouviam ou não entendiam. Fui o mais rápido possível, como se fosse uma final olímpica. Quando a tirei, não respirava e tinha a mandíbula muito contraída. Foi um desmaio por esforço. Vimos onde estava o limite”

Os desmaios não são de agora

Essa não é a primeira vez que Anita Álvarez desmaia. De acordo com familiares da atleta, ela tem um histórico de desmaios e eles começaram a acontecer durante as competições recentemente. No último ano, no pré-olímpico de nado artístico na Espanha, Álvarez sofreu com um desmaio pela primeira vez durante um torneio.

Fonte: ESPN