Mais de 2 milhões de eleitores de 16 a 18 anos tiraram título este ano, diz TSE

06/05/2022


Foto: Reprodução

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou mais de 2 milhões de eleitores com idades entre 16 e 18 anos. Com o fim do prazo para registro, atualização ou transferência do título de eleitor que acabou no dia 4 de maio, o TSE liberou as parciais que mostram recordes no sistema eleitoral brasileiro.
 
Os dados foram divulgados pelo ministro Edson Fachin e apresentam um aumento de 47,2% em relação ao mesmo período de 2018. Além disso, 2022 também teve recorde de atendimentos no sistema da corte: 1,3 milhão no último dia.
 
Durante o período de janeiro até abri deste ano, o Brasil contou com uma grande mobilização de artistas, celebridades, ativistas e populares para a retirada do título de eleitor. O resultado dessa campanha culminou em mais de 2 milhões de novos eleitores aptos a votar nas próximas eleições. 
 
"A juventude brasileira foi convocada a participar das eleições em outubro e a resposta foi impressionante. Bom lembrar que a Justiça Eleitoral sempre realiza campanhas de conscientização e incentivo ao eleitorado como um todo, em especial aos jovens, por meio da mídia e nas escolas. Desta vez, o que vimos foi a sociedade brasileira mobilizada pela democracia", disse o presidente do TSE.