Governo decide antecipar 13º de aposentados do INSS e liberar saque de R$ 1 mil do FGTS

16/03/2022


Foto: Reprodução

 

O governo federal decidiu repetir, neste ano, a antecipação do pagamento do 13º salário de aposentados e pensionistas da Previdência. A medida já foi adotada em 2020 e 2021 – nestes anos, foi justificada pelos impactos econômicos da pandemia de Covid.

Indo contra os economistas, o governo deve anunciar nesta quinta-feira (17) a liberação do saque de R$ 1 mil do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores com carteira assinada. O presidente Jair Bolsonaro deve assinar uma medida provisória, também na quinta, com as regras para o saque.

Para os especialistas, essa medida possui um efeito colateral para a economia do país. O estímulo de consumo irá gerar um aumento na inflação, o ideal seria evitar comprar para que se tenha um controle sobre a inflação que está sendo impulsionada por fatores externos, como a instabilidade no mercado global de petróleo.

Além disso, há a previsão para o pagamento da primeira parcela do 13º salário em abril, e a segunda, em maio. Tradicionalmente, o valor das aposentadorias e pensões do INSS é pago no segundo semestre.