Silvio Santos é condenado por perguntar à criança se ela preferia poder ou sexo

08/03/2022


Foto: vea.abril.com.br

 

Nesta segunda-feira (7), a justiça do estado de São Paulo condenou o apresentador Silvio Santos a pagar uma indenização no valor de 50 mil reais à família de uma menina que participou de um dos programas do SBT em 2016. Na época, o dono do baú, ao entregar o prêmio à garota em uma competição de talentos infantis na música, perguntou se ela preferia “sexo ou poder”.

 

No momento da premiação, que foi no valor de R$ 1.000, Silvio Santos fez o questionamento à garota em meio a gargalhadas. "O que você acha melhor, sexo, poder ou dinheiro?". Claramente constrangidos, a família e a plateia também riram da situação. 

 

Como justificativa à condenação do dono do SBT, o relator do processo no Tribunal de Justiça, o desembargador José Aparício Coelho Prado Neto, mencionou o “constrangimento” à menina como um dos fatores que foram levados em consideração na decisão. Além disso, a repercussão nas redes sociais, que foi originada a partir da pergunta do apresentador, também foi um elemento avaliado no parecer da justiça. 

 

De acordo com a mãe da criança, que requeria uma indenização de 998 mil, a situação em que sua filha foi envolvida pode ser classificada como um “vexame”. O valor estipulado pela justiça paulista ainda será acrescido de correção monetária e juros desde o início do processo. 

 

A emissora comentou a definição do caso, alegando que o fato (pergunta do apresentador para a menina) precisa ser analisado a partir de um contexto. A emissora também argumenta que houve um “cerceamento ao direito de defesa”, na medida em que o programa não foi examinado integralmente pela justiça.